Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content

Prefeitura de Ribeirão Pires realiza 7ª Conferência das Cidades com consulta pública e dois dias de discussão sobre quatro temas diferentes

Na última sexta-feira (24), a Escola Municipal Carlos Rohm I foi palco da 7ª Conferência das Cidades de Ribeirão Pires. Com o tema “Construindo a Política de Desenvolvimento Urbano: caminhos para cidades inclusivas, democráticas, sustentáveis e com justiça social”, o evento reuniu autoridades municipais, especialistas, representantes da comunidade e demais interessados para discutir e delinear políticas públicas voltadas ao desenvolvimento urbano inclusivo e sustentável.

A Conferência, promovida pela Prefeitura de Ribeirão Pires, teve como objetivo debater o desenvolvimento urbano e a inclusão social, estruturando-se em quatro eixos temáticos fundamentais para alcançar cidades mais inclusivas e sustentáveis. O evento contou com ampla participação da comunidade local, que teve a oportunidade de contribuir ativamente para o planejamento e desenvolvimento urbano do município.

Os debates foram organizados em quatro eixos temáticos, cada um abordando aspectos cruciais para a construção de uma cidade mais justa e inclusiva.

1. Cidades Sustentáveis – Saneamento Ambiental: Este eixo destacou a importância do saneamento básico para a sustentabilidade urbana, discutindo a necessidade de investimentos em infraestrutura e políticas públicas que assegurem a preservação ambiental, o acesso à água potável e o tratamento de esgoto. Este eixo foi coordenado por Airton Massari.

2. Cidades Inclusivas – PCD: Focado na promoção da acessibilidade e inclusão das pessoas com deficiência (PCD), este segmento discutiu medidas para garantir a participação plena desses cidadãos na vida urbana. Entre as propostas, destacaram-se a adequação de espaços públicos, transporte acessível e criação de oportunidades de emprego para PCDs, este eixo teve como painelista Cristiano Sosi

3. Justiça Social e Gestão Democrática – Direitos do Cidadão: Neste foi comandado pelo painelista Odimauro Caspirro, os debates abordaram a importância de políticas habitacionais que garantam o acesso à moradia digna para todos, especialmente para os mais vulneráveis e de baixa renda. Foram discutidas estratégias para combater a desigualdade habitacional e assegurar que todos os cidadãos tenham acesso a uma moradia segura e adequada.

4. Cidades Inclusivas – Habitação de Interesse Social: Neste eixo coordenado pelo secretário de Meio Ambiente, Temístocles Cristofaro, tratou-se sobre a habitação de interesse social, explorando maneiras de garantir que todos os segmentos da população, particularmente os mais vulneráveis, tenham acesso à moradia digna. Os participantes discutiram modelos de financiamento e políticas públicas para promover a construção de habitações populares.

Ao final da conferência, foram consolidadas diversas propostas e recomendações que serão encaminhadas ao governo estadual e federal para a elaboração de um plano de ação. Como resultado, haverá segunda data para seguir a discussão, além disso será realizado uma consulta pública onde qualquer munícipe poderá contribuir para o resultado da Conferência. 

Links para contribuir para a 7ª Conferências das Cidade, clique em cada Eixo para enviar a sua proposta:

Clique aqui e contribua para o eixo: CIDADES INCLUSIVAS – HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL

Clique aqui e contribua para o eixo: JUSTIÇA SOCIAL E GESTÃO DEMOCRÁTICA – DIREITOS DO CIDADÃO  

Clique aqui e contribua para o eixo: CIDADES INCLUSIVAS – PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (PCD)

Clique aqui e contribua para o eixo: CIDADES SUSTENTÁVEIS – SANEAMENTO AMBIENTAL

Skip to content