Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content

Com oficina de xilogravura, educadores de Ribeirão Pires fazem imersão na vida de Ariano Suassuna

Com oficina de xilogravura, educadores de Ribeirão Pires fazem imersão na vida de Ariano SuassunaMais três encontros estão previstos; atividade têm objetivo de desvendar obra do escritor paraibano

Em mais um encontro para imergir na vida e obra de Ariano Suassuna, grande homenageado na terceira edição da FLIRP (Feira Literário de Ribeirão Pires), que ocorre este ano, professores da rede municipal da Estância colocaram a mão na massa e fizeram suas próprias matrizes de xilogravura e imprimiram diversas imagens relacionadas ao mundo do escritor e também à região nordeste do País.

Munidos de pequenos formões, placas de madeira, e da imaginação, os educadores colocaram toda sua veia artística para fora e realizaram trabalhos muito bem elaborados, com todos os elementos típicos daquela região. Cactos, carcarás, bandeirolas, bois-bumbá e diversas outras gravuras do imaginário nordestino.

A atividade faz parte de planejamento da orientação educacional de Ribeirão Pires que vem preparando seus profissionais e seus estudantes para participação da terceira edição da FLIRP, que vai homenagear Suassuna. Mais três encontros estão previstos com os professores da rede para desbravar a rica obra do escritor, filósofo e intelectual paraibano.

“A atividade foi positiva, pois as professoras puderam discutir ideias de como levar para a sala de aula e reproduzir a atividade com os estudantes. Apresentamos outras possibilidades que é isogravura e colagravura, que envolve isopor e diversas outros elementos. A intenção dos encontros é popularizar elementos que tenham relação com a obra de Ariano. Trazer a cultura nordestina para a sala de aula é uma maneira de combater o preconceito existente com aquela população”, declarou e orientadora educacional, Tatiane Ribeiro.

Além de realizar formação com os professores e coordenadores, a Educação de Ribeirão Pires também elabora atividades relacionadas à cultura nordestina aos alunos da rede municipal. Os encontros, realizados em sala de aula, deram origem à exposição “Coração Nordestino”, em que reuniu trabalhos de cordel, xilogravura e música confeccionadas pelos estudantes. A mostra foi um dos destaques da 2ª edição da Entoada Nordestina, realizada pela Prefeitura da Estância.

Com formões e placas de madeira, professoras fizeram matrizes para a impressão de xilogravura
Skip to content