Notícias


Voltar

06/04/2020Prefeitura promove atividades online para alunos da rede municipal

Durante período de isolamento social, Secretaria de Educação da cidade disponibilizará, por meio de diferentes plataformas, conteúdos aos estudantes

A Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Educação, iniciou nessa segunda-feira, dia 6 de abril, o programa “Aprendendo em Casa”, como forma de manter as atividades pedagógicas para cerca de 7. 500 alunos da rede municipal.  A ação integra pacote de medidas tomadas pela Prefeitura no período de enfrentamento ao coronavírus.

Cada unidade escolar está disponibilizando aos pais/responsáveis pelos estudantes atividades por meio dos canais digitais. Os gestores seguem orientações da equipe pedagógica da Secretaria de Educação e todo conteúdo estimula habilidades e competências que são norteadores do processo de aprendizagem.

As 33 unidades de ensino estão compartilhando com as famílias dos alunos materiais diferenciados, de acordo com o segmento escolar.  Na E.M. Maria Bernadete Bandeira de Seixas, na Quarta Divisão, a temática abordada neste primeiro dia com as crianças, do Berçário ao Jardim II, foi a Páscoa. Pais/responsáveis puderam promover atividade lúdica baseados em vídeos disponibilizados na página da rede social da escola.

Já na E.M. Engenheiro Carlos Rohn – Unidade II, para crianças do Jardim I, foi disponibilizado um e-book com informações ilustrativas sobre o coronavírus. O método utilizado é a contação de história. Após acessar o conteúdo, o aluno fará um desenho sobre a temática. 

Para viabilizar o projeto “Aprendendo em Casa”, professores da rede municipal que estavam em período de recesso desde a suspensão das aulas, no dia 23/03, foram convocados a realizar o teletrabalho – home office. De acordo com a secretária de Educação, Flávia Banwart, além de garantir a continuidade dos estudos para as crianças, o objetivo da medida é evitar o contato dos servidores entre si e com o público circulante nos prédios públicos, para evitar a possibilidade de contágio e transmissão do coronavirus. 

“Contamos com a participação familiar, estimulando as crianças a acessarem os conteúdos, manterem a rotina para a realização das atividades, que são muito importantes para que o processo de aprendizado não seja interrompido”, explicou a secretária de Educação, Flávia Banwart.