Notícias


Voltar

13/09/2018Prefeitura inicia terapia alternativa em saúde com acupuntura

Pacientes da rede municipal recebem cuidados para a prevenção de doenças ou agravos, reduzindo consumo de medicamentos

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires inicia nessa semana a primeira linha de cuidados utilizando terapia alternativa com os pacientes da rede municipal de saúde. A partir de agora, moradores atendidos nas Unidades Básicas de Saúde poderão, mediante encaminhamento médico, receber tratamento feito com acupuntura. 

Implementada pela Secretaria de Saúde e Higiene da cidade, a medida contempla a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS (Portaria nº 971/2006). A acupuntura é uma das terapias alternativas recomendadas, com o objetivo de garantir a prevenção de agravos, a promoção e o cuidado continuado, humanizado e integral em saúde. 

“Com isso, espera-se ampliar a resolubilidade dos casos atendidos em nossas Unidades, trazendo aos pacientes a modernização dos serviços, em uma rede em que cada pessoa tem cuidados integrados e humanizados. A expectativa é reduzir, por meio desse novo tratamento, o consumo de medicamentos e a utilização, em emergência, dos serviços de atendimento municipais”, explica a secretária de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires, Patrícia Freitas.

Na rede municipal de Ribeirão Pires, será utilizada, nesse primeiro momento, a auriculoterapia com sementes, forma de medicina alternativa. Esse tipo de tratamento utiliza pontos da orelha para enviar comandos ao cérebro, contribuindo para amenizar dores e no relaxamento do organismo. 

Entre os primeiros pacientes a receber esse cuidado está Vilma Pereira Moreira, 48 anos, moradora do Jardim Mirante. Com dores crônicas na coluna e fibromialgia, a paciente foi encaminhada pelo médico para o tratamento, que já havia experimentado há dois anos. “Ter acupuntura na cidade é maravilhoso. Fiquei muito feliz quando ligaram para marcar. Achei que nunca teria aqui”, aprovou. 

A fisioterapeuta pós-graduada em acupuntura, Laila Figueiredo Pontes, sinaliza benefícios dessa terapia. “Acupuntura alivia a dor, ansiedade, síndrome do pânico, depressão, entre outros problemas comuns de saúde”, disse.

O atendimento da acupuntura somente será realizado com encaminhamento médico. Inicialmente serão realizados até 150 procedimentos por semana – às segundas, quartas e quintas-feiras. A acupuntura leva cerca de 5 minutos para ser realizada. 

 



Prefeitura Municipal de Ribeirão Pires