Notícias


Voltar

13/04/2018Ribeirão Pires forma alunos de panificação e confeitaria da unidade móvel do SENAI

Ribeirão Pires forma alunos de panificação e confeitaria da unidade móvel do SENAI

Por meio de parceria com o Fundo Social da cidade, moradores ampliaram horizontes profissionais

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio do Fundo Social de Solidariedade, realizou, na manhã desta sexta-feira, dia 13, a formatura dos alunos do curso de panificação e confeitaria da unidade móvel do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Parceria envolvendo também o SEBRAE-SP, o SIPAN (Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria de Santo André) e a AIPAN (Associação dos Industriais de Panificação e Confeitaria do Grande ABC), promoveu a capacitação de 22 alunos no período de 12 de março a 11 de abril.

“É gratificante acompanhar o trabalho de capacitação profissional destes alunos e perceber a mudança gradual em suas perspectivas de trabalho. E, mais que isso, ter a certeza de que todos os formandos estiveram comprometidos com o novo aprendizado, que se tornou realidade através de mais essa parceria com o SENAI-SP”, disse a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires, Flávia Dotto.

"É motivo de orgulho para nós, contribuir com a capacitação profissional dos moradores da nossa Estância. Temos a certeza de que a qualificação oferecida pelo Fundo Social de Solidariedade através da parceria com o Senai abrirá muitas portas para todos no mercado de trabalho", disse o prefeito Adler Teixeira - Kiko.

Projetada para funcionar como sala de aula e laboratório, a nova Unidade conta com infraestrutura completa, incluindo equipamentos de última geração – seguindo todos os padrões de segurança no trabalho. Os alunos, divididos em duas turmas (manhã e tarde), tiveram contato com o Programa Super MEI, do SEBRAE-SP, com as oficinas “SEI Controlar Meu Dinheiro” e “SEI Vender”.

Além disso, tiveram contato com a rotina de um auxiliar de padeiro e confeiteiro. Aprendendo noções básicas de higiene e normas de segurança no trabalho, os alunos aprenderão a tirar o melhor proveito das receitas, utilizando a mesma quantidade de insumos, com mais qualidade e maior rendimento. O curso de Técnicas de Panificação e Confeitaria teve 80 horas/aula.

“O curso transcorreu muito bem. Nas visitas que fiz, os alunos mostraram-se satisfeitos com as aulas e comentaram que já estão aplicando as técnicas em suas produções. Lembrando que também temos outra parceria de sucesso com a Prefeitura, através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Sads), no curso de Eletricista Instalador, que formou sua primeira turma recentemente. E, além disso, estamos abertos a negociar novas turmas e novos cursos para Ribeirão Pires”, disse Jairo Rogério Anselmi, coordenador de relacionamento do Senai Mauá.

Katia Cristina Cardoso, 37 anos, autônoma, moradora do Barro Branco, que já fez o curso de Padaria Artesanal do Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires, contou que já pensa em abrir um negócio próprio. "O grande diferencial do curso oferecido na carreta da panificação e confeitaria do Senai é a produção em larga escala, industrial, com administração de dosagens diferentes do artesanal".

Também participaram da formatura o vice-prefeito de Ribeirão Pires, Gabriel Roncon, e a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social (Sads), Elza Iwasaki.



Prefeitura Municipal de Ribeirão Pires