Programa Educacional de Trânsito leva Teatro Mímico a Escola Municipal


Criado em 12/08/2015

Apresentações fazem parte de projeto inovador que oferece curso com mais de 18 horas de duração para cerca de oitenta crianças com idade entre oito e nove anos

Risadas, música e muito conhecimento. O teatro de mímicos apresentado pela Secretaria de Transportes e Trânsito, em parceria com a Secretaria de Educação, Inclusão e Tecnologia, aos alunos da Escola Municipal Lavínia de Figueiredo Arnoni faz parte do Programa Educacional de Educação no Trânsito em curso inovador e pioneiro na região do ABC, oferecendo mais de 18 horas de formação para cerca de oitenta alunos com idade entre oito e nove anos.

A peça, encenada por dois educadores de trânsito vestidos de mímicos, conta a história da cidade de Ribeirão pires, explicando como o município se tornou rota para quem era da região e seguia para o litoral, explicando a evolução dos transportes, iniciados por cavalos, passando pela Maria Fumaça, até chegar aos carros, ônibus e caminhões pela serra do mar.

O que não falta são referências que prendem a atenção dos alunos, com brincadeiras e truques de mágica para que eles não desgrudem os olhos dos artistas. “As crianças assimilam o conteúdo de forma lúdica e passam a entender o próprio papel enquanto pedestres, ciclistas e fiscalizadores dos próprios pais, tios, amigos e familiares. O projeto cria consciência desde já sobre o papel desses alunos e os tornam disseminadores do conhecimento, repassando o que aprendem”, afirmou o secretário de Transportes e Trânsito, Rubens de Almeida Sousa.

No ano passado, mais de 49 alunos de outra escola municipal da cidade participaram do curso sobre Educação no Trânsito e receberam, inclusive, certificado de conclusão comprovando a formação como multiplicador. Foi a primeira vez que um curso contínuo foi oferecido a crianças com idade entre oito e nove anos por um período de quatro meses, com aulas semanais sobre o tema.

O Programa Educacional Trânsito na Escola complementa um dos pilares do Projeto de Educação para o Trânsito, idealizado e posto em prática no município desde agosto de 2013, desenvolvendo ações educativas sobre trânsito em escolas, ONGs, eventos, empresas e nas próprias ruas. O conteúdo faz parte da matéria curricular obrigatória e é trabalhado de forma interdisciplinar com geografia, história e ciências, por exemplo.

“Trânsito também é coisa de criança”

Na educação infantil, o programa “Trânsito também é coisa de criança” trabalha o tema com crianças de dois a sete anos que recebem a primeira formação sobre trânsito ao brincarem com jogos lúdicos.

No mini circuito, por exemplo, os mais novos podem usar o velotrol (triciclo infantil), e os mais velhos usam bicicleta. Antes da brincadeira, os alunos aprendem sobre a importância dos meios de transporte alternativos e saudáveis e também como um instrumento de diversão.