Prefeitura de Ribeirão construirá nova creche no Estância Noblesse


Criado em 26/08/2013

Após reunião com a associação de moradores do bairro, Executivo definiu espaço onde será instalada nova unidade da rede municipal de ensino

Na última semana, a vice-prefeita da Estância Turística de Ribeirão Pires, Leonice Moura, esteve reunida com a nova diretoria da Associação de Bairro dos Moradores da Estância Noblesse para definir área onde será construída nova creche da cidade, por meio do Programa Creche Escola. A unidade será instalada em terreno da Prefeitura, que havia sido cedido para que a Associação construísse sede. Com a possibilidade da construção de uma creche no local, a Associação fez a devolutiva do terreno ao município.

No último mês, a Prefeitura assinou carta de intenção junto ao Governo Estadual para que o convênio seja mantido no período de 2013/2014, para garantir a construção de duas novas unidades (Estância Noblesse e Pilar Velho). Já está em fase de licitação a construção de unidade que ficará localizada em Ouro Fino Paulista, no Jardim Sol Nascente, também através de convênio com o Estado.

Este não é o único convênio que a Prefeitura possui para construção de creches. Junto ao Governo Federal, com as creches do Programa Pró Infância, uma unidade já está sendo finalizada no Jardim Caçula e será entregue até o fim deste ano. Outras duas estão em análise até outubro, para serem construídas no Jardim Rancho Alegre - em Ouro Fino - e no Parque Aliança.

Com recursos municipais, a Prefeitura construirá unidade no Jardim Nossa Senhora de Fátima (fase de licitação), além de reformas e ampliações nas unidades da 4ª Divisão, no Centro Alto, no Jardim Serrano e no antigo prédio da FISK.

Ao todo, até o final de 2016 serão criadas 1.074 vagas a mais na educação infantil em período integral, suprindo com sobra a demanda atual de 384 vagas.

"Buscamos garantir o acesso dessas crianças à educação na cidade, pois já na Educação Infantil, nos primeiros meses da criança, o ensino e os estímulos à educação começam a formar o cidadão. Além de, claro, beneficiar os pais que trabalham e precisam deixar os filhos na escola por período integral", explicou a secretária de Educação, Inclusão e Tecnologia e vice-prefeita da Estância, Leonice Moura. (26/08/2013)