Ribeirão Pires inaugura Base da GCM no Centro Alto


Criado em 29/05/2015

Dentre os investimentos realizados pela Prefeitura de Ribeirão Pires a segurança para a população do Centro Alto é uma das prioridades

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires realizará a Cerimônia de Inauguração da Base da GCM, no Centro Alto, no próximo sábado (30), a partir das 10 horas, na Av. Santo André, 238 – Centro Alto. O local será uma extensão da Secretaria de Segurança Pública da Estância, o que organizará o setor administrativo e a Guarda Civil Municipal.

Com a extensão dos serviços será possível reforçar o patrulhamento do Centro Alto, medida que atende solicitações dos moradores desta região do município.  O local funcionará 24 horas, com intensificação das rondas no bairro.

“O munícipe não deve esquecer que o canal de comunicação com a GCM continua sendo o “Dique 153”, implantado desde 2013”, explica a secretária de Segurança Pública, Aurélia Coelho. “A GCM pode ser acionada por meio de ligações telefônicas diretas a este número para atender chamados para casos como vandalismo; pichações; danos ao patrimônio público; crimes contra o meio ambiente, entre outras infrações”, conclui.

Videomonitoramento

A partir da próxima semana, a Prefeitura continua as instalações dos postes em que serão colocadas as câmeras de monitoramento na região central da cidade. No dia 1º de maio, foram instaladas as bases, a após a instalação dos postes, serão instaladas as câmeras de monitoramento.

Somente no Centro da cidade são oito pontos de monitoramento, entre eles na Vila do Doce e entre as ruas Boa Vista e a Sttela Bruna Cecchi Nardelli. No total serão 29 equipamentos de videomonitoramento 24 horas, em 36 pontos do município, definidos pelo alto índice de criminalidade.

Os pontos de instalação dos equipamentos foram pré-definidos após estudo realizado pela Secretaria de Segurança Pública de Ribeirão Pires em conjunto com a Polícia Militar, de acordo com o sistema de Informações Criminais (Infocrim), da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo.

Com investimento Municipal de R$ 1,5 milhão, além das câmeras, a sede da Guarda Civil Municipal também abrigará a Sala de Videomonitoramento. Monitores, computadores e provedor já estão no local. Uma equipe também será treinada para uso correto dos equipamentos.

“Estamos adequando a sala, enquanto as bases são colocadas para instalação das câmeras. A sala iniciará o funcionamento monitorando os pontos da região central da cidade”, explica a secretária de Segurança Pública, Aurélia Coelho. “Todos os equipamentos não foram locados, são propriedades da secretaria e o município deve arcar somente com a manutenção dos aparelhos”, conclui.