Índice de Criminalidade tem queda em Ribeirão Pires


Criado em 29/05/2015

O comparativo entre os anos de 2014 e 2015, apresentado pela Secretaria de Segurança do Estado, mostra diminuição nos casos de homicídio, roubo e furto na Estância

Segundo dados oficiais da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, o município de Ribeirão Pires apresentou uma diminuição nos casos de homicídio, roubo e furto, em um comparativo entre abril de 2014 e abril de 2015. Em relação a roubo e furto de veículos, a queda pode também ser explicada pela fiscalização aos desmanches e outros pontos de comércios de acessórios, houve uma queda de -19,23%, passando de 26 para 21 casos no número de roubos, já os casos de furto teve uma diminuição de - 4,55% passando de 22 para 21 furtos na cidade.

Ribeirão Pires, entre os meses de janeiro e abril, apresentou 39 casos de roubo, com 47,30% de queda em relação ao ano anterior que apresentava no mesmo período 74 casos de roubo no município. Para a Secretaria de Segurança Pública, o resultado representa os esforços da organização em combate o crime. Dessa forma a cidade se destaca em segurança. No mesmo período, São Bernardo do Campo registrou mais de 700 casos, enquanto Mauá, mesmo em queda, atingiu um pico de 270 casos.

Dentre os principais investimentos na área da segurança, realizados pela Prefeitura, está a nova Base da Guarda Civil Municipal, no Centro Alto. Com inauguração prevista para o próximo sábado (30), a partir das 10h, na Av Santo André, 238 - Centro Alto, o local será uma extensão do setor administrativo da Secretaria de Segurança Pública e da GCM.

"A nova Base será essencial para aumentar o patrulhamento do Centro Alto", explica a secretária de Segurança Pública, Aurélia Coelho. "Este era um pedido dos moradores desta região", continua.

Além da nova Base, a Secretaria de Segurança Pública da Estância também realizou um investimento de R$ 1,5 milhão no Sistema de Videomonitoramento. A instalação das bases e postes, que acomodam as câmeras, tiveram início no último dia 1º de maio. Monitores, computadores e o provedor já foram instalados na Sala de Videomonitoramento.

“O munícipe também não deve esquecer que o canal de comunicação com a GCM continua sendo o “Dique 153”, implantado desde 2013”, explica Aurélia. “A GCM pode ser acionada por meio de ligações telefônicas diretas a este número para atender chamados para casos como vandalismo; pichações; danos ao patrimônio público; crimes contra o meio ambiente, entre outras infrações”, conclui.