Centro de Exposições e História Ricardo Valeriano Nardelli é inaugurado


Criado em 19/05/2015

Espaço abriga a Pinacoteca e o Museu municipais, além do Centro de Apoio Técnico ao Patrimônio

A Estância Turística de Ribeirão Pires acaba de ganhar mais um espaço cultural: o Centro de Exposições e História Ricardo Valeriano Nardelli (Rua Miguel Prisco, 286 – Centro), inaugurado na manhã desta terça-feira (19). O local abrigará diversas obras de arte e peças que contam a história da cidade.

O prefeito Saulo Benevides esteve durante a cerimônia de inauguração e falou sobre a importância do novo equipamento cultural para o município. "A cidade está em festa. Estamos resgatando nossa cultura e focando na vocação que Ribeirão Pires apresenta para o turismo, abrindo mais um espaço para visitação e história", declarou Benevides.

Para o secretário de Cultura e Turismo, Cassiano Filho, a entrega é muito mais do que simplesmente um novo prédio público. "Hoje nós temos um espaço para abrigarmos o Museu Família Pires e manter a história viva da cidade", afirmou. Com local mais amplo e organizado, o acervo ficará melhor posicionado e com maior acesso para a população. Agora, as sessões estão identificadas por: objetos, difusão, acervo iconográfico, hemeroteca e arqueológica. "Antes, todos esses materiais estavam juntos. Agora, com o novo prédio está tudo sinalizado e organizado, facilitando a visitação de moradores, turistas e estudantes", completou Cassiano.

Durante a inauguração, a família de Ricardo Valeriano Nardelli esteve presente e foi homenageada. Um busto foi instalado na frente do prédio para marcar a importância do comerciante para a cidade. "É uma justa homenagem a essa família que tanto fez para Ribeirão Pires", declarou o prefeito Saulo Benevides.

Acervo cultural

O governo está reativando a pinacoteca municipal, que estava há 20 anos parada. O acervo está de volta a exposição no Centro de Exposições e História. A Pinacoteca Municipal leva o nome de Guilherme de Carvalho Dias, pintor e ilustrador que trabalhou em grandes revistas de São Paulo e do ABC, falecido em 1984.

Também será reativado o Centro de Apoio Técnico ao Patrimônio, com sala específica dentro do prédio Ricardo Valeriano Nardelli. Com esse Centro, estudos de tombamento como o da casa do Herbert Richers – que foi reativado em 2013 – poderão ser feitos. Esses tombamentos projetam positivamente a cidade, pois diversos historiadores da cidade já parabenizam Ribeirão Pires por essa proteção ao patrimônio histórico e cultural.

13ª Semana Nacional de Museus

O Museu Histórico Municipal Família Pires participará da 13ª Semana Nacional de Museus que acontecerá entre os dias 18 e 23 de maio com programação diversificada e de qualidade. Para a edição de 2015, o tema escolhido pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), foi Museus para uma sociedade sustentável e contará com 1738 entidades, 4570 eventos e 609 municípios em todo o Brasil. Ribeirão Pires participa com exposições e palestras com especialistas da cidade e região.

A programação conta com palestras e visitação escolar entre os dias 18 e 24 de maio, que acontecerão no Museu Histórico Municipal Família Pires localizado no Centro de Exposições e História de Ribeirão Pires. As inscrições são limitadas e devem ser feitas pelo site da Prefeitura até a data de cada palestra. A Secretaria de Cultura e Turismo emitirá carta de participação para quem precisar comprovar presença.