NOTA OFICIAL DE ATUALIZAÇÃO SOBRE A GREVE DOS COLETORES DE LIXO EM RIBEIRÃO PIRES


Criado em 24/03/2015

A Prefeitura Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires informa que, por conta da greve dos coletores de lixo, que se estende a todo Estado de São Paulo, Ribeirão Pires iniciou uma ação paliativa para amenizar os danos acarretados pela greve.

A Prefeitura de Ribeirão Pires disponibilizou seis caminhões para realizar a coleta nos diferentes bairros (02 da Defesa Civil, 02 da Secretaria de Meio Ambiente, 01 da Secretaria de Infraestrutura e 01 da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Ouro Fino Paulista). Assim sendo, os caminhões e funcionários estão escalados para cobrir os seguintes bairros:

- Centro – um veículo fará a coleta do lixo quatro vezes ao dia;

- Um veículo fará a coleta nas avenidas Kaethe Richers, Capitão José Galo, Francisco Monteiro, Miguel Prisco, Prefeito Valdírio Prisco (Av. Brasil) e Santo Bertoldo;

- Um veículo está responsável por fazer a coleta do lixo em toda a região do Distrito de Ouro Fino passando pelas principais vias, como Avenida Vereador Aroldo Neves, Valeriano Nardelli, Estrada do Soma, Estrada do Taquaral entre outras;

- Um veículo fará a coleta de lixo no Jardim Alvorada, Vila Prisco, Jardim Dois Melros, Jardim Itacolomy, Santo Bertoldo, Roncon e região (Jd. Ribeirão Pires e Luso), Jardim Serrano, Parque Aliança e Quarta Divisão;

- Os veículos da Defesa Civil estão responsáveis pela coleta em todo Centro Alto, incluindo a Vila Sueli, o Jardim Valentina e o Jardim Caçula.

A Prefeitura informa que os veículos farão o serviço de coleta todos os dias das 8 às 18h até a próxima sexta-feira, apenas nas principais avenidas. O morador precisa descartar seu lixo na vicinal mais próxima de sua residência.

A Prefeitura solicita que os moradores procurem reduzir a quantidade de lixo descartado, separando materiais recicláveis do lixo comum. O material reciclado, após devidamente higienizado, pode ser armazenado por mais tempo e retirado posteriormente pela Cooperpires em parceria com a Prefeitura. Com a devida separação, o lixo comum perde volume.

O Prefeito Saulo Benevides se solidariza com os grevistas, que lutam por melhores salários, porém pede apoio da população para a manutenção da cidade. “Os coletores estão reivindicando seus direitos e torcemos para que a situação se resolva até o final desta semana. Mobilizamos nossa equipe para ajudar na coleta e reforçaremos esse time se isso for necessário”.

O secretário de Meio Ambiente Gerson Goulart reforça que a coleta emergencial serve para manter a ordem e a limpeza até que a greve termine, mas que não é possível manter os mesmos horários e cronograma de coleta realizado tradicionalmente. “Estamos fazendo um trabalho paliativo para não deixar a cidade em dificuldade”.