Prefeitura faz acordo e garante fornecimento de combustível com redução no preço do litro


Criado em 18/01/2013

Abastecimento foi cortado após três meses sem pagamento pela administração passada

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires celebrou acordo com a empresa responsável pelo fornecimento de combustível e os carros da frota passam a ser abastecidos normalmente. Além da garantia do serviço a administração conseguiu a redução no preço cobrado pelo litro da gasolina, com desconto de 5 centavos, e no litro do diesel, com diminuição de 3 centavos.

Os veículos oficiais ficaram sem combustível entre terça e quarta-feira desta semana, após suspensão do fornecimento por atraso no pagamento, dívida herdada da gestão passada.

O encontro entre o secretariado do prefeito Saulo Benevides e a empresária Cristiane Rimaik Eid, proprietária do estabelecimento fornecedor de combustível, firmou o acordo de pagamento da dívida - avaliada em R$ 245 mil - o mais breve possível. Cristiane garantiu que não haverá interrupção no fornecimento, como voto de confiança ao novo governo, evitando também deixar serviços essenciais aos munícipes parados. O contrato firmado com o fornecedor, válido até julho deste ano, prevê que o serviço só pode ser interrompido se não houver pagamento durante três meses consecutivos.

"Esse é mais um obstáculo deixado pela gestão passada, mas contornamos a situação para não prejudicar os moradores de Ribeirão Pires que utilizam serviços essenciais", afirmou o prefeito Saulo Benevides. "Nossa prioridade é o bem estar da população", concluiu.

A média de gastos da Prefeitura por mês com combustível é de R$ 50 mil. A economia total com a redução dos preços por litro será calculada no próximo mês. (18/01/2013)