Prefeitura reabre Centro Cirúrgico do Hospital e Maternidade São Lucas


Criado em 05/02/2015

 

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, através da Secretaria de Saúde e Higiene, reabriu a ala da Maternidade do Hospital São Lucas, no dia 1º de fevereiro, após a reforma predial realizada durante todo o mês de janeiro.

Na segunda-feira, dia 02 de fevereiro, o prefeito Saulo Benevides recebeu parte do Secretariado, alguns Vereadores e a imprensa da região, que foram convidados para acompanharem uma Vistoria Técnica e conferir as obras realizadas. Na ocasião, algumas alas da Maternidade não puderam ser visitadas por já estarem com mulheres internadas.

No período em que esteve fechada, a Maternidade passou por reforma e serviços de reparos no telhado para contenção de infiltrações; reparos em rachaduras nas paredes; pintura geral de toda a ala da maternidade; troca de todas as portas, inclusive as portas balcão dos corredores que dão acesso ao Centro Obstétrico e ao Centro Cirúrgico e colocação de novas portas de vidro no Centro Obstétrico e no Centro Cirúrgico; instalação de bate-macas de fibra em todos os corredores; colocação de manta impermeável no Centro Cirúrgico; troca de todas as louças sanitárias; reforma da cuba para higienização dos bebês, com instalação de novas torneiras, incluindo torneiras elétricas; reforma na parte elétrica, como reparos em toda a rede, troca e adequação de lâmpadas; instalação de novos vidros para visitação dos bebês no berçário e reforma dos postos de enfermagem.

No ano de 2014 foram acompanhadas em pré-natal 751 gestantes. No mês de janeiro mais 55 novas grávidas se inscreveram nas UBSs para o acompanhamento da gestação e 82 delas estão prontas para “dar a luz” a qualquer momento.

“A nossa maternidade agora poderá atender ainda melhor as gestantes do município, lembrando que nós também atendemos mulheres das cidades que fazem divisa com Ribeirão Pires, como Mauá, Rio Grande da Serra, Santo André (Parque Andreense e Paranapiacaba), Suzano e até São Paulo (Zona Leste) e isso impacta muito nos custos para manter a Maternidade funcionando bem. Mais ou menos 30% das mulheres atendidas não são do município”, comentou o prefeito Saulo Benevides, durante a Visita Técnica.

Considerando que uma mulher fica internada de 2 a 3 dias após o parto, com essa reforma a capacidade de atendimento poderá dobrar, indo de 40 para 80 partos ao mês, em média, ficando ainda com uma margem para possíveis intercorrências, sem comprometer o atendimento diário.

Grávidas que apresentem algum problema, como as hipertensas ou as que tenham idade mais avançada e possam correr riscos na gravidez ou no parto, são acompanhadas na UBS da Santa Luzia.

As obras aconteceram durante todo o mês de janeiro, entretanto, no período de 12 a 31 de janeiro, o Centro Cirúrgico ficou interditado por conta da utilização de tintas, solventes e outros materiais incompatíveis com a presença de gestantes e bebês.

A reforma realizada na ala da Maternidade do Hospital e Maternidade São Lucas visa mantê-la sempre adequada a atender o programa "Rede Cegonha", do Governo Federal, que entre outros aspectos, assegura às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo e a atenção humanizada à gravidez, com o pré-natal, ao parto e ao puerpério, bem como assegura às crianças o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudáveis.

O valor total do investimento nas obras foi de R$ 249.979,85 (duzentos e quarenta e nove mil, novecentos e setenta e nove reais e oitenta e cinco centavos) de recursos oriundos do Ministério da Saúde.

Para atendimento às gestantes e bebês, a equipe da Maternidade do Hospital São Lucas funciona 24h e conta com quatro equipes compostas por Ginecologista, Enfermeiras(os), Anestesista e Neonatologista.

Além dos partos e ocorrências ginecológicas, o Hospital e Maternidade São Lucas também realiza cirurgias de laqueadura e vasectomia. Interessados devem procurar a UBS do seu bairro para entrevistas com Assistente Social, Psicóloga e Médico, que avaliam o encaminhamento para a cirurgia. Nas UBSs dos bairros também existe o trabalho de Planejamento Familiar, que orienta as famílias a encontrarem o melhor método contraceptivo para cada caso.

 

O Hospital e Maternidade São Lucas atende na Rua Renato Andreolli, 138 – Jd. Itacolomy. Outras informações pelo telefone 4828-3000.