Escola Municipal João Midolla estimula alimentação saudável com balcão térmico para merenda


Criado em 16/05/2013

Os alunos - com idade entre 5 e 10 anos ? começaram a aprender como montar um prato nutritivo e saboroso

O balcão térmico instalado na Escola Municipal João Midolla está mudando o hábito alimentar dos alunos. Com auxilio de projeto pedagógico voltado à alimentação saudável, as crianças - com idade entre 5 e 10 anos -começam a se acostumar com atividades rotineiras como se servir corretamente durante as refeições e evitar o desperdício de alimentos.

Comprado com verba de repasse da APM ? Associação de Pais e Mestres - o balcão térmico foi bem aceito pelos pequenos. "Antes eu não me servia em casa, agora eu sempre peço para minha mãe para me servir sozinha", afirmou Thauanna Chaukue, de nove anos, estudante do 5º ano.

APM

A verba destinada às Associações de Pais e Mestres - APMs - faz parte do processo de gestão participativa promovido pela Secretaria de Educação e Inclusão de Ribeirão Pires, na qual os professores e os pais, sempre buscando a qualidade de ensino, adaptam a utilização dos recursos à necessidade da escola. Os repasses proporcionam maior autonomia às escolas.

Foi aprovada ontem (15) a liberação dos repasses das verbas da APM. Este ano, R$ 325 mil serão divididos entre as 32 escolas municipais, com valores proporcionais ao número de alunos de cada escola.

Merenda

Saladas, frutas, grãos, proteínas e muito mais. A merenda oferecida pela Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires para mais de 26 mil estudantes da rede municipal e de algumas unidades da rede estadual de ensino tem cardápio variado, formulado por nutricionistas da Secretaria de Educação e Inclusão especialmente para abranger todos os nutrientes necessários para as crianças. São servidas mais de 30 mil refeições por dia, preparadas por merendeiras da rede que passam por constantes qualificações para melhor o aproveitamento dos alimentos, evitando desperdício e aumentando o valor nutricional dos alimentos.

A vice-prefeita e secretária de Educação e Inclusão, Leonice Moura, acredita que cursos de preparação para os agentes escolares também são importantes para a qualidade da alimentação oferecida. "Com a capacitação dos profissionais diretamente ligados à merenda, podemos orientar sobre como aproveitar produtos, evitar desperdícios e valorizar questões nutricionais. O desenvolvimento da criança também está atrelado à forma como ela se alimenta dentro do ambiente escolar", explicou.

O cardápio da alimentação escolar, desenvolvido pela Secretaria de Educação e Inclusão de Ribeirão Pires, é elaborado em conformidade com a RESOLUÇÃO / CD / FNDE nº 38, de 16 de julho de 2009. Segundo as normas, os cardápios são diferenciados para cada faixa etária, com objetivo de suprir as carências nutricionais. Duas nutricionistas da rede elaboram os cardápios que contam com frutas e hortaliças.

A alimentação escolar da rede municipal é preparada pelas merendeiras nas unidades escolares. O município também distribui merenda para escolas estaduais. Os recursos utilizados para a produção das merendas são repassados por meio de convênios com os governos federal e estadual, além de incluir verba municipal. (16/05/2013)