Ribeirão Pires investe na produção do cambuci


Criado em 22/10/2014

Depois do 1º Festival do Cambuci que aconteceu na Estância Turística em setembro, ainda mais investimentos são feitos para a produção da fruta na cidade

O cambuci é um fruto tipicamente paulista que possui uma rota turística para chamar de sua. A iguaria é matéria prima para receitas como mousses e compotas até licores e cachaças, produtos que podem ser encontrados durante a Rota do Cambuci que acontece anualmente passando por diversas cidades. Em Ribeirão Pires, o 1º Festival do Cambuci aconteceu em setembro, mas a Estância Turística continua investindo na produção da fruta.

Na quarta-feira (22), a cidade recebeu representante do Instituto Auá de Empreendedorismo Socioambiental, especializado no cultivo de cambuci. O intuito da visita é oferecer qualificação da cadeia de produção local, ou seja, desde o produtor rural da fruta, passando pela transformação, o congelamento, a polpa, as fases semi elaboradas dos produtos doces, salgados, além de questões como a certificação, a normatização, até chegar às questões de comercialização do produto.

Hamilton Trajano, técnico extensionista do Instituto Auá, visitou a plantação localizada em Ouro Fino, na chácara do produtor Adão Jimenez. “Nossa meta é transmitir conhecimentos em sistemas agroecológicos de plantio, sempre considerando os conhecimentos prévios dos produtores e valorizando suas experiências espontâneas”, explicou o técnico.

“Entender, apoiar e dialogar com a cadeia produtiva nas diversas regiões de produção da fruta é uma das estratégias contidas no Planejamento Estratégico da Rota do Cambuci. Já na primeira participação da Estância na Rota, temos uma avaliação positiva e, em 2015, planejamos realizar o segundo festival da cidade no mês de março durante a programação de aniversário de Ribeirão Pires”, explicou o secretário adjunto de Turismo, Marcelo Liochi.

A Secretaria de Cultura e Turismo está atenta sempre aos novos produtores de cambuci da cidade, que podem entrar em contato com a diretoria de turismo por e-mail (turismo@ribeiraopires.sp.gov.br) ou pelo telefone 4828-9846.

1º Festival do Cambuci

Participante da Rota do Cambuci desde abril deste ano, Ribeirão Pires pôde organizar pela primeira vez um Festival próprio, com direito a apresentações culturais de jazz, dança, música popular brasileira e ritmos diversificados. “Trabalhamos para estimular o desenvolvimento do turismo e da cultura em nossa cidade, ampliando características naturais da Estância para fomentar empreendedores. Ao participarmos da Rota e fazermos nosso próprio Festival, atraímos mais visitantes e criamos oportunidades para promover a cultura”, explicou o secretário de Cultura e Turismo, Cassiano Filho.

Os visitantes de Mauá, Aline Pacheco da Silva e Olavo João da Silva Neto, trouxeram os três filhos, Mateus, Julia e Maria Eduarda, para aproveitar o Festival também. “Esta cidade sempre recepciona muito bem seus visitantes. Estamos gostando da festa e nossa sugestão é que tenham outras festas durante o ano”, comentou o casal.

Ribeirão Pires na Rota do Cambuci

A inserção de Ribeirão Pires à VI Rota do Cambuci foi possível graças a comprovação de cultivo da fruta na cidade. O produtor Adão Jimenez, que participou da primeira turma do Programa de Turismo Rural de Ribeirão Pires – curso promovido pela Prefeitura em parceria com o SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) – está ligado ao projeto, uma vez que sua propriedade é a principal produtora na cidade. “O curso nos propiciou o contato com outras pessoas e isso acrescenta ao trabalho de todos e ao município, que ganha profissionais melhor capacitados e integrados para o trabalho de turismo rural”, opinou Jimenez.