Projeto Escola da Beleza chega a Ribeirão Pires


Criado em 20/10/2014

Qualificação é oferecida para mais de 60 moradores que se formarão como Assistente de Cabeleireiro com conhecimento pleno da profissão

A Estância Turística de Ribeirão Pires deverá abrigar novos 60 profissionais da beleza a partir dos próximos meses. O projeto estadual Escola da Beleza teve início nesta segunda-feira (20) no Centro de Formação Profissionalizante Professor Paulo Freire, em parceria com a Prefeitura e com o Fundo Social de Solidariedade do município, trazendo formação para 60 moradores como Assistente de Cabeleireiro.

O curso tem duração total de 80 horas e os alunos foram divididos em seis turmas de dez pessoas. A formação é oferecida por meio de convênio com o Fundo Social de Solidariedade do Estado que oferece a estrutura mobiliária bem como materiais didáticos e matéria prima para o curso, além da qualificação ao profissional indicado pela municipalidade para ser instrutor.

Durante o evento de início do curso, a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Michelle Benevides, falou sobre a oportunidade oferecida para que moradoras de Ribeirão Pires aprendam nova profissão. “É nossa função, à frente do Fundo Social de Solidariedade, oferecer opções de geração de renda aos munícipes. Por isso, trabalhos como este realizado no Paulo Freire são tão importantes em nossa cidade”, declarou Michelle.

Deisi Cristina Damião é a instrutora que recebeu a formação oferecida pelo Fundo Social de Solidariedade estadual e garante que o curso será benéfico para todas as alunas. “É um curso para quem quer começar e tem pouca ou nenhuma noção. Os módulos do curso incluem técnicas de corte, história da profissão e utilização de química nos cabelos. A pessoa sai preparada para o mercado de trabalho”, afirmou a profissional.

Também presente na abertura da turma, a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Sônia Garcia, destacou a determinação necessária para que os alunos possam aproveitar ao máximo o que o curso pode oferecer. “A pessoa sai profissionalmente preparada, com toda a infraestrutura disponível. Dessa forma, abrem-se portas do mercado de trabalho e realidades sociais são modificadas. Cada pessoa que passa por nossos cursos, mais de 20 opções diferentes oferecidas durante todo o ano, descobre um universo novo de possibilidades no mercado de trabalho e na geração de renda”, explicou Sônia.

Após a capacitação, os alunos receberão auxílio para o ingresso ao mercado de trabalho. Alguns salões já demonstraram interesse em contratar profissionais certificados ao final do curso e os profissionais que de destacarem durante as aulas poderão ser instrutores para futuras turmas da Escola da Beleza em Ribeirão Pires.