Secretaria de Saúde amplia frota de ambulâncias


Criado em 01/10/2014

Prefeitura investe na modernização da Central de Ambulâncias da cidade para garantir mais qualidade nos atendimentos à emergências e transportes inter-hospitalares

A rede municipal de saúde de Ribeirão Pires recebeu nesta semana duas novas ambulâncias básicas, que reforçarão o trabalho da Central de Ambulâncias da cidade. Com os novos veículos, o município passa a contar com oito unidades próprias, sendo uma delas UTI, para transportes inter-hospitalares e de emergência. Por mês, a Secretaria de Saúde e Higiene realiza, em média, 3 mil transportes de pacientes.

Os veículos foram comprados com recursos provenientes de emenda parlamentar estadual, na ordem de R$ 300 mil, e contrapartida de R$ 90 mil da Prefeitura, totalizando R$ 390 mil em investimentos. As duas unidades, já equipadas com instalação de oxigênio e gás comprimido, além de inversor de energia que alimenta os equipamentos, recebeu novos aparelhos: oxímetro de pulso, para medir oxigênio no organismo e frequência cardíaca; desfibrilador externo automático, usado em casos de parada cardíaca; e monitor multiparamétrico, que fornece informações sobre o paciente como frequência cardíaca e respiratória, saturação de oxigênio no corpo, entre outras.

Os dois novos veículos possuem tração traseira, diferente das demais unidades, o que facilita o acesso das ambulâncias em vias mais íngremes da cidade. “Em todos os setores, estamos ouvindo a necessidade das equipes, conhecendo a demanda dos moradores e trabalhando para melhorar a qualidade do atendimento em saúde da nossa cidade”, declarou o secretário de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires, Koiti Takaki.

“Até o final deste ano, mais uma ambulância chegará ao município, totalizando nove veículos na frota de nossa Central. A partir disso, disponibilizaremos ambulância nos bairros mais afastados, inicialmente Ouro Fino, Quarta Divisão e Jardim Caçula, durante o horário de funcionamento da UBS, o que facilitará o transporte de pacientes desses bairros e até mesmo agilizará atendimentos de urgência”, destacou Koiti.

“As novas ambulâncias nos dão suporte para fazer remoção e resgate. Realizamos em Ribeirão Pires atendimento de alto nível, inclusive com certificação para atendimento pré-hospitalar, renovado anualmente. Com os novos veículos, nossa equipe está melhor preparada pra realizar os atendimentos”, afirmou Vera Helena Gomes de Lima, enfermeira responsável técnica da Central de Ambulância da Prefeitura, que atua há seis anos na rede municipal.

Até o final deste ano, a rede municipal receberá mais uma ambulância, já adquirida por meio de emenda parlamentar estadual. Foram investidos R$ 139 mil na aquisição dos veículos e aparelhos para a unidade, sendo R$ 90 mil de repasse e R$ 49 mil de contrapartida da Prefeitura.