Programa Educacional de Trânsito forma 49 alunos


Criado em 24/09/2014

Projeto inovador ofereceu curso com duração total de vinte horas na Escola Municipal Abdalla Chiedde para crianças com idade entre oito e nove anos

A Secretaria de Transportes e Trânsito da Estância Turística de Ribeirão Pires realizou, no último sábado (20), a formatura de 49 alunos da Escola Municipal Abdalla Chiedde que participaram de curso sobre Educação no Trânsito. Em parceria com a Secretaria de Educação, Inclusão e Tecnologia, a ação é inovadora, pois foi a primeira vez que um curso contínuo foi oferecido à crianças com idade entre oito e nove anos por um período de quatro meses, com aulas semanais sobre o tema.

“O resultado foi positivo. As crianças assimilam o conteúdo apresentado de forma lúdica, com brincadeiras, atividades recreativas, teatro de fantoches e mini circuito. Todo nosso material foi usado durante o curso e, com certeza, isso irá refletir nos nossos futuros condutores. Além disso, o projeto cria consciência desde já sobre o papel desses alunos enquanto pedestres e os torna disseminadores do conhecimento, repassando o que aprendem aos pais e familiares”, afirmou o secretário de Transportes e Trânsito, Rubens de Almeida Sousa.

Além da formatura dos alunos participantes, foi entregue o título de “Parceiros do Trânsito” aos funcionários da educação representantes. O Programa Educacional Trânsito na Escola complementa um dos pilares do Projeto de Educação para o Trânsito, idealizado e posto em prática no município desde agosto de 2013, desenvolvendo ações educativas sobre trânsito em escolas, ONGs, eventos, empresas e nas próprias ruas.

Continuidade

Nova turma do segundo ano do ensino fundamental deve iniciar o Programa Educacional Trânsito, também na Escola Municipal Abdalla Chiedde, nos próximos dias. O curso de 20 horas trabalhará as temáticas do trânsito dentro de todas suas vertentes: trânsito e a língua portuguesa; trânsito e matemática; trânsito e ciências; trânsito e geografia; trânsito e educação física; trânsito e artes; trânsito e moral; e ética no trânsito.

“A criança realiza todas as atividades por meio de brincadeiras, na interação com os jogos, e com a apresentação de pequenas peças teatrais. O aluno que participa deste curso torna-se um multiplicador da educação para o trânsito”, completou Sousa.

“Transito também é coisa de criança”

Na educação infantil, o programa “Trânsito também é coisa de criança” trabalha o tema com crianças de dois a sete anos que recebem a primeira formação sobre trânsito ao brincarem com jogos lúdicos.

No mini circuito, por exemplo, os mais novos podem usar o velotrol (triciclo infantil), e os mais velhos usam bicicleta. Antes da brincadeira, os alunos aprendem sobre a importância dos meios de transporte alternativos e saudáveis e também como um instrumento de diversão.

Desde agosto, mais de 300 crianças foram atendidas pelo programa. “Vamos continuar com essas ações até o final do ano letivo nas escolas do município. Ainda restam vagas na nossa agenda. Todas as escolas da cidade podem participar, tanto as escolas municipais, como estaduais e particulares”, explicou o secretário Rubens de Almeida Sousa.

O Programa de Educação para o Trânsito também intensifica, durante o período no final do ano, palestras em cursos para empresas da região em parceria com as CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), mostrando aos funcionários o conceito de que a segurança no trânsito também faz parte da segurança no trabalho.