Moradoras são conscientizadas sobre prevenção às DSTs/Aids


Criado em 11/09/2014

Moradoras de Ribeirão Pires que passam pela carreta-móvel do programa Mulheres de Peito, estacionada até o dia 16 deste mês na antiga rodoviária da cidade (Rua Cidade de Santos – Centro), estão tendo acesso à informações sobre prevenção às doenças sexualmente transmissíveis – DSTS/Aids. Desde o dia 02, quando a unidade do governo estadual chegou à Estância, profissionais do Serviço de Atenção Especializada – SAE - da rede municipal disponibilizaram materiais informativos, bem como preservativos, gratuitamente.

A ação faz parte de série de atividades promovidas pela Secretaria de Saúde e Higiene para conscientizar a população sobre a importância da prevenção às doenças, como sífilis e hepatites B e C, bem como a realização de testes de sorologia, que podem ser feitos gratuitamente na rede municipal.

O trabalho de prevenção é realizado pelas equipes do Serviço de Atenção Especializada, por meio do Programa Municipal DST/Aids/Hepatites Virais/Tuberculose e Hanseníase. Os profissionais do setor promovem palestras, com exibição de filmes, distribuem materiais educativos e de orientação, e atendem por meio de canal de comunicação direto, e sigiloso, o Disque DST/Aids (0800-773-1661) e o e-mail saerpires@gmail.com.

“As ações de prevenção tem como objetivo estimular a população a realizar os testes para HIV, sífilis e Hepatites B e C e, com isso, conhecer sua sorologia. Pesquisas apontam que os indivíduos infectados estão chegando tardiamente ao serviço, possivelmente com alguma complicação da doença. O diagnóstico precoce é fundamental para evitar e controlar a transmissão e tratar, garantindo melhor qualidade de vida ao paciente”, explica a Coordenadora do Serviço de Atenção Especializada da rede municipal, Nanci Garrido.

A Secretaria de Saúde e Higiene realiza o trabalho de conscientização em parceria com escolas da cidade, empresas, instituições religiosas, clubes, associações, ONGs, comércios, entre outras organizações. Na Escola Estadual Leiko Akaishi, por exemplo, as equipes do SAE desenvolvem o trabalho de prevenção junto ao Grêmio Estudantil, pelo Projeto de Educação entre Pares.

A Prefeitura disponibiliza preservativos gratuitamente em Unidades de Saúde da Atenção Básica, em pontos como INSS, sala de atendimento de saúde do Terminal Rodoviário e Posto Atende Fácil, na região central da cidade.