Moradoras realizam mamografia gratuitamente em unidade móvel


Criado em 02/09/2014

Até o dia 16 de setembro, mulheres entre 50 a 69 anos podem fazer exame em carreta-móvel do Estado

A Estância Turística de Ribeirão Pires foi contemplada nesta semana pelo programa “Mulheres de Peito”, da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Na manhã desta terça-feira, dia 02, a carreta-móvel da mamografia iniciou os atendimentos às moradoras da cidade. Mulheres de 50 a 69 anos não precisam apresentar pedido médico para fazer o exame gratuitamente.

Por dia, são disponibilizadas 50 senhas para a realização da mamografia. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 12h. O resultado é entregue em até 48 horas após a realização do exame, na própria carreta. A unidade ficará em Ribeirão Pires até o dia 16 de setembro.

Vera Lúcia de Souza Peixoto Oliveira, 53 anos, foi a terceira a chegar ao local onde está estacionada a carreta-móvel – na antiga rodoviária (Rua Cidade de Santos – Centro). “Ontem passei por aqui e pedi informação. Cheguei às 6h30. Foi muito bom poder fazer o exame aqui, sem precisar ir para longe”, opinou.

Na sequência estava Maria Aparecida dos Santos, 57 anos, moradora da Vila Ema. “Não fazia o exame há três anos. Estava trabalhando muito e esqueci de mim. Aproveitei que hoje está pertinho. É bom cuidar da saúde. Temos que fazer sempre”, afirmou.

Para o secretário de Saúde e Higiene da Estância, Koiti Takaki, o serviço facilita o acesso das pacientes ao exame, que hoje é feito em unidades de referência do Estado fora da cidade. “Moradoras da faixa etária priorizada estão sendo incentivadas a realizar a mamografia, que identifica possíveis casos de câncer de mama. Isso porque o procedimento é feito de forma simples, sem a exigência de pedido médico, e o resultado é rápido”, avalia Takaki.

Áurea Gomes do Santos, 68 anos, veio acompanhada da filha, 53 anos, para fazer, pela primeira vez, a mamografia. “Sempre tive medo e achava longe o exame. O médico já pediu, mas acabava não indo. Aproveitamos que estava aqui e fizemos. Não senti nada”, contou Áurea, moradora da Vila Luzitano.

Mulheres fora da faixa etária prioritária também podem participar, desde que apresentem solicitação médica, que pode ter sido emitida pela rede pública ou particular de saúde.

Caso seja detectada alguma alteração, as pacientes serão encaminhadas pela Secretaria para a realização de biópsia ou outros exames complementares. Se houver sinais de câncer maligno, a paciente será encaminhada a um serviço de referência do SUS para tratamento.

Em Ribeirão Pires, mulheres atendidas nas unidades de saúde da rede municipal que precisam realizar o exame são encaminhadas para as unidades de referência do Estado – Hospital Mário Covas, AME Barradas e AME Santo André. O tempo de espera pelo agendamento é, em média, de 02 meses. Mensalmente são realizados cerca de 800 agendamentos por mês.

Serviço – Carreta da Mamografia – Programa Estadual Mulheres de Peito

De 02 a 16 de setembro – de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h; sábado, das 8h às 12h.

Local: Antiga Rodoviária – Rua Cidade de Santos, s/n – Centro.

Mulheres entre 50 a 69 anos não precisam de pedido médico para o exame.

Disponibilizadas 50 senhas por dia.