Raio-x móvel entra em operação na rede municipal de saúde


Criado em 29/08/2014

Prefeitura investiu cerca de R$ 112 mil para aquisição do aparelho, que facilita trabalho dos profissionais da UPA

As equipes da Unidade de Pronto Atendimento Santa Luzia, em Ribeirão Pires, passam a usar mais um importante instrumento para o diagnóstico de pacientes. Desde a manhã desta quinta-feira, dia 28, os profissionais da UPA contam com raio-x móvel para exames em pacientes no setor de emergência, na ala de isolamento e alas de observação.

A rede municipal de saúde de Ribeirão Pires já possui dois aparelhos de raio-x fixos – um no Hospital e Maternidade São Lucas e um na UPA Santa Luzia. O aparelho móvel facilita a realização do exame para casos de difícil mobilidade de paciente. “Está é uma aquisição fantástica. A manipulação é melhor e o esforço das equipes para a realização de um exame de raio-x em um paciente entubado, por exemplo, é muito menor”, opinou o médico emergencista da UPA Santa Luzia, Dr. Laerte Rodrigues Júnior.

Ainda de acordo com o médico, o novo equipamento auxilia na condução de casos. “Temos melhores condições de verificar eficácia dos tratamentos. É um investimento certeiro”.  A Prefeitura destinou R$ 112 mil para a aquisição do raio-x móvel.  O recurso utilizado é proveniente de repasse Federal. A verba faz parte dos cerca de R$ 2 milhões liberados por portaria ministerial para a construção e equipamento da UPA.

"Estamos seguindo a risca nosso compromisso com a saúde. Gradativamente, todos os setores estão sendo modernizados. Isso permite aos nossos profissionais da área atender melhor a população e salvar vidas todos os dias", declarou o prefeito Saulo Benevides.

Os profissionais que operam o novo equipamento já fazem parte da equipe de técnicos de raio-x da rede. Eles receberam treinamento para operar o aparelho móvel.