Ribeirão Pires moderniza medicina diagnóstica na rede municipal


Criado em 14/08/2014

Prefeitura entrega nova estrutura física do laboratório de análises clínicas do município e ampliará capacidade de atendimentos

A rede municipal de saúde de Ribeirão Pires ganha nesta quinta-feira, dia 14, novas estruturas para o laboratório de análises clínicas. A unidade, localizada até então no Hospital e Maternidade São Lucas, foi transferida e instalada no novo Hospital municipal, que está em construção. O laboratório foi o primeiro setor entregue pela Prefeitura. A medida é parte do plano de investimentos para modernizar a medicina diagnóstica na rede.

Todos os dias, o laboratório de análises clínicas da Prefeitura realiza média de 1.200 exames, atendendo a demanda de cerca de 280 pacientes, tanto da Atenção Básica e Especializada, como urgência e emergência. “Estamos investindo na modernização do serviço para ampliar o número de pessoas atendidas e garantir os recursos necessários para nossos profissionais realizarem diagnósticos cada vez mais precisos, aumentando os índices de eficiência nos tratamentos e até mesmo de prevenção à doenças graves”, explicou o secretário de Saúde e Higiene da Estância, Koiti Takaki.

De acordo com o diretor técnico do laboratório de análises clínicas do Município, Angelo Soria Pedersine, especialista em patologias clínicas, ressonância e tomografia, os equipamentos utilizados pela rede empregam tecnologia de primeira linha. “Com a nova estrutura, o aperfeiçoamento técnico das equipes e a utilização de tecnologia de ponta, o laboratório de análises clínicas da rede tem capacidade para realizar até oito mil exames por dia. O serviço público é prestado em Ribeirão Pires nos moldes de redes particulares. Com investimentos da Prefeitura, estamos qualificando as equipes, tornando o trabalho mais eficiente e, dessa forma, teremos condições de atingir as metas estipuladas pela secretaria de Saúde”, afirmou Pedersine.

Todos os resultados são agora supervisionados por biomédico, aumentando a precisão dos exames. Antes, o trabalho era feito apenas por técnicos. Desde o último ano, o setor de diagnóstico já apresenta melhorias. O tempo de espera para a realização dos exames dos setores de urgência e emergência caiu de até seis horas para menos de 120 minutos, dentro dos padrões internacionais de saúde. Os resultados para os exames de rotina também saem mais rápido. Antes, os exames eram liberados em até 30 dias. Agora, o tempo caiu para até 72 horas.

“Estamos apostando na educação continuada da equipe do laboratório. Hoje, todos os profissionais que trabalham aqui têm aptidão para assumir qualquer uma das funções. Além disso, a rede está ampliando os tipos de exames realizados no laboratório do município”, lembrou Pedersine.

Outra medida que faz parte do plano de melhoria na saúde municipal é estabelecer parceria com controle externo de qualidade de exames. Durante o período de um ano, o laboratório de análises clínicas do município receberá baterias de exames enviados pela Sociedade Brasileira de Patologias Clínicas. Os profissionais da rede irão fazer as análises e enviar os resultados online para a Instituição. A margem de precisão nos diagnósticos acima de 80% garantirá ao município certificação da Sociedade, que conta, inclusive, com aprovação do Inmetro e validade internacional.

“Diariamente superamos centenas de obstáculos para promover avanços na saúde. Estamos realizando melhorias para garantir bom atendimento aos pacientes e investindo para modernizar nossa estrutura. A demanda da rede municipal é grande. Essa é mais uma razão para ampliarmos a capacidade de atendimento e agilizar os processos realizados por nossas equipes. Esse é nosso compromisso com a população”, declarou o prefeito da Estância, Saulo Benevides.

O novo laboratório conta com setores separados e bem equipados para triagem, hematologia, bioquímica, sorologia/imunologia, microbiologia e citologia. Os exames de rotina são realizados de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Os exames de urgência e emergência são realizados 24 horas todos os dias da semana.

Novo hospital - Localizado na Estrada da Colônia, entre os bairros Santa Luzia e Santo Bertoldo, o novo hospital terá aproximadamente sete mil metros quadrados de área construída e 110 leitos, sendo 10 de UTI de adulto.

Além do laboratório de análises clínicas, o novo hospital contará com centro cirúrgico obstétrico, maternidade com salas para parto humanizado e área para internações. A construção do novo hospital teve início em junho de 2008. Até o momento, foram destinados cerca de R$ 21 milhões para as obras. O laboratório é o primeiro setor entregue. A Prefeitura destinou R$ 150 mil de recursos próprios para finalizar acabamentos e instalar revestimentos especiais, como vidros e pisos.

A Prefeitura de Ribeirão Pires aguarda liberação de aproximadamente R$ 7 milhões para finalizar as obras na unidade. O Governo do Estado de São Paulo prevê a liberação ainda para este semestre.