Defesa Civil de Ribeirão Pires e IPT mapeiam áreas de risco


Criado em 02/04/2013

Ação faz parte do trabalho de elaboração do Plano Municipal de Redução de Riscos

A Defesa Civil da Estância Turística de Ribeirão Pires efetuou, juntamente com uma equipe do IPT (Instituto de Pesquisa Tecnológica), na manhã desta terça-feira (2), a segunda vistoria técnica no município para a elaboração do Plano Municipal de Redução de Riscos. De acordo com a pesquisadora Kátia Canil, do Centro de Tecnologias Ambientais e Energéticas do IPT, terminado o reconhecimento geral das áreas de risco do município, será possível traçar o plano de vôo com helicóptero para efetuar o mapeamento de campo, setorizando as áreas de acordo com o risco.

"Com o mapeamento em mãos, as informações seguem para o departamento de engenharia para que seja possível apontar as obras e intervenções necessárias para minimizar os riscos relacionados aos desastres naturais e compatibilizá-las com as ações já previstas pela Prefeitura. Além disso, o plano serve como norte para a busca de recursos financeiros para sua efetivação", explicou a geógrafa Kátia Canil. O trabalho faz parte de uma parceria técnica entre o IPT e o Consórcio Intermunicipal Grande ABC para a elaboração do Programa Regional de Redução de Riscos a Desastres Naturais. (02/04/2013)