Prefeitura de Ribeirão Pires leva mini circuito de trânsito para escolas


Criado em 15/05/2014

Durante campanha Maio Amarelo, Agentes chamam atenção de motoristas e alunos da rede municipal de ensino para números de acidentes

A campanha nacional Maio Amarelo – ação que chama a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos em acidentes – segue em Ribeirão Pires. Agentes da Secretaria de Transportes e Trânsito visitaram nesta quarta-feira (14) a Escola Municipal Comendador Abdalla Chiedde, onde foi montado mini circuito que representa um sistema viário.

Em ambiente lúdico, os alunos são provocados ao despertar da consciência sobre cidadania e responsabilidade enquanto pedestres e futuros condutores. Os orientadores falam sobre todos os temas que envolvem práticas do trânsito, como perigo ao dirigir alcoolizado, usar o celular enquanto está guiando o carro, conhecer as diferentes sinalizações, travessia com segurança e outras atividades que, de forma divertida, ajudam as crianças a assimilar o que estão aprendendo.

“A educação para o trânsito deve começar cedo, entre as crianças. Garantir o acesso à informação e orientações aos condutores e pedestres é indispensável para prevenir acidentes. Além de cidadania, o respeito às leis de trânsito e condições adequadas no sistema viário, que fazem parte do programa de investimentos da Prefeitura, são questões de segurança de todos os moradores e visitantes da cidade”, afirmou o prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides.

A Secretaria de Transportes e Trânsito está realizando diversas ações por toda a cidade, em campanhas itinerantes e formação para estudantes, por exemplo. O objetivo é a redução de acidentes de trânsito, mudança de comportamento em condutores e pedestres, fortalecimento do vínculo entre moradores e agentes e, como consequência dessas medidas, aumento de qualidade de vida para todos.

Maio Amarelo

Seguindo outros movimentos, como o “Outubro Rosa” e “Novembro Azul”, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, a campanha Maio Amarelo promove atividades voltadas ao debate das responsabilidades e avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro dos deslocamentos diários.

A Secretaria de Transportes e Trânsito da cidade já realizou blitz educativa em pontos de grande movimento. Agentes de trânsito se tornam orientadores, abordando principalmente carros com famílias e crianças, os profissionais entregam bexigas, panfletos sobre campanhas educativas da Prefeitura e falam sobre práticas seguras que ajudam a preservar vidas, como o uso de cinto de segurança, não falar ao celular enquanto dirige e respeito ao pedestre e às normas do código de trânsito.

“A ação muda o olhar do condutor para com o Agente de Trânsito. Na abordagem, que inicialmente é temerosa, o motorista acha que vai haver uma fiscalização com intenção de multa, mas o profissional é preparado para quebrar esse gelo e mostrar que o papel do trânsito também é orientar, conversar e ser parceiro nessa luta para diminuirmos os índices de mortes e acidentes”, explicou Sousa.