Mais de 50 mil visitantes prestigiam Festa do Pilar


Criado em 05/05/2014

Em comemoração ao tricentenário da Capela, evento promoveu resgate às tradições culturais da região

A 78ª edição da Festa de Nossa Senhora do Pilar de Ribeirão Pires reuniu mais de 50 mil pessoas em quatro dias de evento. A programação foi destaque dos festejos, promovidos pela Prefeitura entre os dias 1 e 4 de maio, em comemoração aos 300 anos da Igreja de Nossa Senhora do Pilar. Artistas da região compartilharam o público com grandes nomes da música brasileira, como Sérgio Reis, que se apresentou na sexta-feira, Teodoro & Sampaio, que foi atração principal no sábado, e Almir Sater, que encerrou a série de shows musicais neste domingo.

No primeiro dia do evento, além das missas campal e na capela, cavalgada e romaria relembraram tradições da festa. “Nossa ideia era justamente resgatar as raízes do evento e valorizar a cultura e a história de nossa cidade e da região”, explicou o secretário de Cultura e Turismo de Ribeirão Pires, Sandro Aparecido Cassiano.

Entre os devotos estavam os netos de José Obeda que, de acordo com registros históricos, foi o organizador das primeiras festas em homenagem à Nossa Senhora do Pilar. “Este evento mantém viva a história da Igreja. É importante que a festa seja realizada e o patrimônio seja bem cuidado, para que não se tornem esquecimento”, opinou um dos netos de Obeda, José Negri, 73 anos, que participa do evento todos os anos desde seu nascimento. “É uma tradição que começou com meu avô. Gosto muito de vir e estarei por aqui até quando puder”.

Maria Lucia Carlos, 66 anos, também neta de Obeda, veio de Peruíbe, onde mora, para quebrar o jejum de 30 anos sem participar da festa. “Tinha sete anos quanto comecei a vir. Todos os dias 1º de maio eram de festa. A família vinha de caminhão e fazíamos piquenique ao lado da Capela”, lembra. “Acho que meu avô se identificou com Nossa Senhora do Pilar, que assim como ele é da Espanha. Desde a primeira festa, ele trouxe filhos e netos para cá. O evento agora já tem raiz”, afirmou Maria Lucia.

Visitantes aprovam programação e ambiente familiar da festa

Durante os quatro dias da 78ª Festa de Nossa Senhora do Pilar, apresentações culturais, celebrações religiosas e as barracas de gastronomia e artesanato atraíram visitantes às imediações da Capela do Pilar. Renata Machado, moradora de Suzano, conheceu a festa por acaso. “Estava procurando uma igreja para realizar o batizado de minha filha, Ana Sophia. Achei a Capela do Pilar linda e aconchegante. O evento é importante para que outras pessoas possam se aproximar da Igreja. Outras cidades deveriam fazer festas como essa”, opinou Renata, acompanhada de sua mãe, Elizabeth, e de Ana Sophia.

Vilma Curimbaba e Edinilson Magnusson, moradores de Santo André, visitaram a festa no domingo, com a filha Júlia, de 8 anos. “Moramos 30 anos em Ribeirão Pires. Não vínhamos para cá há um. Resolvemos matar a saudade”, explicou Vilma. A família aproveitou para assistir a peça teatral gratuita do Sítio do Pica Pau Amarelo. “Achei bem legal. Os personagens salvaram o amigo”, contou Júlia sobre a apresentação.

Moradores de Ribeirão Pires também aproveitaram as atrações da festa, como Renata Torres Lucena, do bairro Vila Suissa. “Soube do show do Almir Sater pela divulgação do evento. Acho que a festa é muito boa para promover a cidade. O ambiente aqui é tranquilo. Uma boa opção de lazer”, afirmou.

“Nosso principal objetivo é oferecer aos moradores e visitantes opções de lazer e entretenimento, movimentando, dessa forma, a economia local. Mais do que isso, com a Festa de Nossa Senhora do Pilar, importante evento no calendário anual, estamos valorizando nossas tradições, nossa cultura e mostrando o potencial de nossa cidade”, declarou o prefeito da Estância, Saulo Benevides.

Um dos mais tradicionais eventos da região do Grande ABC. Acontece anualmente, no início de maio, nas imediações da Igreja de Nossa Senhora do Pilar, erguida em 1.714 pelo capitão-mor Antônio Corrêa de Lemos.


Saiba mais sobre a Festa de Nossa Senhora do Pilar.