Ribeirão Pires celebra tricentenário da Igreja de Nossa Senhora do Pilar


Criado em 22/04/2014

Cidade comemora três séculos da construção de seu patrimônio histórico e cultural durante tradicional festa promovida pela Prefeitura

A Estância Turística de Ribeirão Pires comemora neste ano um importante marco em sua história: os 300 anos da construção da Igreja de Nossa Senhora do Pilar. Para celebrar os três séculos da Capela, que é patrimônio histórico toda cidade tombado pelo Estado, a Prefeitura preparou programação especial, no já tradicional evento que leva o nome da Igreja, localizada na Avenida Santa Clara, s/n. Nos quatro dias, o Fundo Social de Solidariedade receberá doações de alimentos no local.

A 78ª Festa de Nossa Senhora do Pilar, realizada entre os dias 1º a 04 de maio, terá apresentações musicais como Sérgio Reis, Padre Juarez de Castro, Teodoro & Sampaio e Almir Sater.

Para abrir o evento, no feriado do Dia do Trabalho, 1º de maio (quinta-feira), será celebrada missa na Capela tricentenária, às 10h. No mesmo dia, às 14h, será realizada cavalgada e Romaria, com saúde do Complexo Ayrton Senna. Às 16h, o Padre Juarez de Castro e Padre José Silva celebram missa campal nas imediações da Igreja do Pilar. A Orquestra de Violeiros e Berranteiros de Mauá é atração neste dia, às 19h30.

Na sexta-feira, além da programação de musical de raiz, o cantor Sérgio Reis será atração da festa, às 21h. No sábado e no domingo, artistas da região, como o Grupo Orbe, são destaque no evento, bem como apresentações musicais de Teodoro & Sampaio, às 21h do dia 03. O cantor Almir Sater fecha a programação musica do evento no dia 04, com apresentação às 21h.

“Mais do que uma celebração, a Festa do Pilar é uma tradição para visitantes e moradores, em um dos locais mais importantes da história de Ribeirão Pires, a Igreja do Pilar. Cada vez mais esse resgate cultural ribeirãopirense recebe investimento para criar oportunidade de lazer e entretenimento a todos que prestigiam a festa”, declarou o prefeito Saulo Benevides.

300 anos de história

Pesquisas indicam que a igreja, em taipas de pilão, com 40 cm de espessura, foi erguida em 1.714 pelo Capitão Mor Antônio Corrêa de Lemos, e abençoada pelo Frei Pacífico, no dia 25 de março daquele ano.

Apesar de existirem várias vertentes explicando a construção da Capela, localizada na Avenida Santa Clara, em Ribeirão Pires, não existe qualquer dúvida sobre a importância enquanto marco para toda a região, uma vez que ao seu redor surgiram os primeiros núcleos habitados da cidade, segundos relatos históricos.

A construção da capela deu origem a um pequeno povoado às margens do rio Guapituba e próximo a sua nascente, que alguns denominavam de Geribatiba. Registros apontam que a construção da igreja ocorreu, inicialmente, entre 1.549 e 1.550, sofrendo posteriormente várias reformas e modificações.

Confira a programação completa da 78ª Festa de Nossa Senhora do Pilar

01 de maio (quinta-feira)

10h – Missa Padre José Silva (Capela)

14h – Cavalgada e Romaria (saída do Complexo Ayrton Senna)

16h – Missa Campal com Padre Juarez de Castro e Padre José Silva

18h – Padre Juarez de Castro

19h30 – Orquestra de Violeiros e Berranteiros de Mauá

20h30 – Catira AZ de Ouro de Mauá

21h – Ataíde e Alexandre

02 de maio (sexta-feira)

18h – Serradinho e Ribeirinho

19h – Wagner Mineiro e Banda

20h – Paulo Pacheco e Banda

21h – Sérgio Reis

03 de maio (Sábado)

16h – Adão Henrique e João Ramalho

17h – Léo Félix

18h – Eric Russi / Grupo Orbe

19h – Missa (Capela)

20h – Bruno Miguel

21h – Teodoro & Sampaio

04 de maio (domingo)

14h – Grupo Orbe / Pintura Facial

15h – Missa (Capela)

16h – Teatro Infantil Sítio do Pica Pau Amarelo

17h – Luiz Henrique e Marcel

18h – Banda Méritos

19h – Juliano e Daniel

20h – André Mello e Diego

21h – Almir Sater