Ribeirão Pires atinge alto índice de efetividade no programa Bolsa Família


Criado em 10/04/2014

Relatório da Prefeitura aponta que, em 2013, 98% dos beneficiários utilizaram recursos repassados ao município pela União

A Estância Turística de Ribeirão Pires alcançou alto índice de efetividade na utilização dos recursos repassados pelo Governo Federal por meio do programa Bolsa Família. Do total de famílias de baixa renda atendidas pelo programa na cidade, 98% realizaram o saque dos benefícios em 2013.

“O índice elevado de saques é resultado do que chamamos de busca ativa das famílias. Nossa equipe de assistentes sociais está cada vez mais próxima da população e acompanha todos os cadastrados no programa, fazendo contatos telefônicos, por cartas, telegramas e até mesmo pessoalmente. Nossa meta é que 100% das famílias cadastradas compreendam a importância de sacar os valores nas datas corretas e, com isso, suprir suas necessidades básicas com alimentação, por exemplo”, explicou a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Sonia Garcia.

Além de cumprir importante função social, os recursos repassados pela União aquecem a economia local. Em março de 2014, por exemplo, famílias cadastradas no programa Bolsa Família receberam, juntas, cerca de R$ 425 mil. “Em um ano, esse recurso representa aproximadamente R$ 5 milhões a mais que podem ser utilizados no comércio local e em serviços, contribuindo, dessa forma, para a geração de emprego e renda e para incrementar a receita municipal”, observou Sonia.

“Estamos trabalhando intensamente para conhecer de perto a realidade das famílias que mais precisam do apoio do Poder Público e atender suas principais necessidades. Com isso, nossas equipes conseguem orientar a população de renda mais baixa a fazer parte dos programas e buscarem os serviços aos quais têm direito. Paralelamente a isso, realizamos ações como cursos de qualificação profissional para dar base para que esses moradores tenham oportunidades, consigam gerar ou aumentar a renda familiar e possam ter mais qualidade de vida”, declarou o prefeito da Estância, Saulo Benevides.

O Programa Bolsa Família foi criado em 2003 e beneficia mais de 11 milhões de famílias em todos os municípios brasileiros, sob a gestão do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). É um programa do Governo Federal para transferência direta de renda a famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza.

Condições para participar do programa

São compromissos assumidos pelo Poder Público e pelas famílias beneficiárias nas áreas de saúde e educação, dentro dos critérios abaixo:

- Compromissos com a saúde: crianças de até sete anos devem ser acompanhadas no crescimento e desenvolvimento, além de manter o calendário vacinal em dia; mulheres na faixa de 14 a 44 anos devem fazer acompanhamento médico e mulheres grávidas devem realizar consultas de pré-natal;

- Compromissos com a educação: crianças e adolescentes de seis a quinze anos devem estar matriculados na escola e ter frequência mínima de 85% das aulas. Jovens 16 a 17 anos devem ser matriculados na escola e ter frequência mínima de 75 % das aulas.

Famílias que não cumprem estas condições estão sujeitas a suspensão do beneficio, podendo chegar a exclusão da família do programa. Além disso, devem estar cadastradas no Cadastro Único. Mais informações podem ser obtidas no site da Prefeitura de Ribeirão Pires – www.ribeiraopires.sp.gov.br.