Movimento Maio Amarelo promove ações


Criado em 04/05/2017

Palestras, aulas para alunos da rede pública e bloqueios educativos são atividades previstas para todo o mês

O Movimento Maio Amarelo trabalha a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Em Ribeirão Pires, as ações voltadas para essa consciência acontecem durante todo o ano, mas são intensificadas durante este mês.

A abertura oficial do Movimento na cidade aconteceu, nesta quinta-feira (4), na Escola Municipal Prof. Sebastião Vayego, com a formatura de 150 alunos no curso "Brincando de Trânsito". Também seguindo os objetivos do movimento, na última semana foi realizada palestra sobre trânsito seguro para mais de 500 alunos da ETEC da cidade. Outras palestras sobre segurança no trânsito e direção segura já estão programadas para este mês em algumas empresas da região, a exemplo do curso que será ministrado para os motoristas de ônibus da Rigras.

Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Transportes e Trânsito, participa do Movimento Internacional Maio Amarelo desde 2014. Como essa ação prevê a redução de acidentes de trânsito, a equipe do Projeto de Educação para o Trânsito decidiu prolongar essas ações para todos os meses do ano e não reduzir apenas a um mês.

Serão reforçadas as ações como forma de apoio ao movimento durante o mês de maio. “Procuramos trabalhar a prevenção para todas as faixas etárias da nossa população, por isso trabalhamos nas escolas, nas empresas, em instituições e, principalmente, nas ruas”, afirmou o secretário de Transportes e Trânsito, José Adão Alves.

“Em conjunto com outras autoridades, serão realizados bloqueios educativos nas vias que, segundo estudos, apresentam maior índice de acidentes de trânsito. O bloqueio educativo é uma ação surpresa em ruas e avenidas da cidade no qual os condutores são abordados pelas autoridades para indicação de irregularidades e orientação para prevenção de acidentes. As datas e os locais desta ação não serão divulgados com antecedência”, concluiu o secretário de Transportes e Trânsito.

Para encerrar as atividades durante o mês de maio, mais de 200 alunos da Escola Municipal Fiorindo Roncon deverão se formar em curso específico sobre ações de conscientização de trânsito voltado para crianças.

Laço Amarelo

Acompanhando o sucesso de outros movimentos como o “Outubro Rosa” e o “Novembro Azul”, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, o “Maio Amarelo” estimula a atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro dos deslocamentos diários no trânsito.

A marca que simboliza o movimento, o laço na cor amarela, segue a mesma proposta de conscientização já idealizada e bem-sucedida, adotada pelos movimentos de conscientização no combate ao câncer de mama, ao de próstata e, até mesmo, às campanhas de conscientização contra o vírus HIV – a mais consolidada nacional e internacionalmente.

Portanto, a escolha proposital do laço amarelo tem como intenção primeira colocar a necessidade da sociedade tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia e, consequentemente, acionar cada cidadão a adotar comportamento mais seguro e responsável, tendo como premissa a preservação da sua própria vida e a dos demais cidadãos.