Cursos de qualificação gratuitos têm início nesta segunda (3) em Ribeirão Pires


Criado em 03/04/2017

Cerca de 150 pessoas se matricularam para aulas do Centro de Formação Profissionalizante Prof.º Paulo Freire

Nesta segunda-feira, dia 3 de abril, tiveram início as aulas dos cursos de qualificação gratuitos da Prefeitura de Ribeirão Pires, oferecidos no Centro de Formação Profissionalizante Professor Paulo Freire. Cerca de 150 alunos se matricularam para turmas de padaria artesanal, informática, informática para a Melhor Idade, corte e costura, além de corte e escova.

Os cursos são oferecidos para 13 turmas nos períodos da manhã e da tarde, em aulas ministradas duas vezes por semana. A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires, Flávia Dotto, recepcionou os alunos no primeiro dia de aulas desse semestre.

“Para nós, é motivo de grande alegria receber moradores em cursos que abrem novas oportunidades tanto de colocação ou recolocação no mercado de trabalho, como na geração de renda própria. Muitos dos alunos aprenderão técnicas que permitirão que empreendam em negócio próprio. A Prefeitura está trabalhando no fortalecimento de parcerias com instituições como o CAMP SBC para ampliar a oferta de cursos e de vagas para o segundo semestre deste ano”, explicou Flávia.

Entre os alunos da turma de informática está Nilton Inácio dos Santos, de 44 anos. Há algum tempo, o morador da Vila Nova Suissa se afastou do mercado após acidente de trabalho na empresa onde trabalhava como auxiliar de produção. Nilton se inscreveu no curso gratuito para ampliar suas perspectivas. “Quase não tenho estudo e quis me atualizar para ter mais aprendizado”, afirmou.

Centro de Formação Prof.º Paulo Freire recebe melhorias estruturais

Em março deste ano, a Prefeitura de Ribeirão Pires revitalizou o Centro de Formação Profissionalizante Professor Paulo Freire, situado à Avenida Francisco Monteiro, 2.940 – Santa Luzia. O espaço recebeu, ainda, a nova sede do Fundo Social de Solidariedade do município.

O prédio conta com auditório, sala do artesão (espaço para capacitação e venda dos produtos); sala de reunião; salas de aula para os cursos de Elétrica, Informática, Costura (parceria com a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social – SADS), Escola da Beleza (em parceria com o Fundo Social do Estado de São Paulo); Corte e Costura (parceria com a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social – SADS); além de três salas disponíveis para atendimento do Camp SBC com o programa de Jovem Aprendiz e uma sala rotativa. A Padaria Artesanal também é uma parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. A produção é comercializada na cantina do Centro de Formação Profissionalizante Paulo Freire.