Educação municipal terá investimentos para modernização da rede


Criado em 22/01/2014

Entre projetos da Estância para 2014 estão a construção de nove unidades escolares, a implantação de novo sistema de acompanhamento dos alunos, além de novos equipamentos pedagógicos

A Prefeitura de Ribeirão Pires trabalha para promover avanços na educação municipal. Por meio da Secretaria de Educação, Inclusão e Tecnologia, a Administração Municipal está ampliando o número de vagas no ensino infantil. Estão em andamento os projetos de construção de nove unidades escolares, por meio de convênios com o Estado e a União e com recursos próprios. Entre elas, está prevista ainda para o primeiro semestre deste ano a inauguração de escola municipal no Jardim Caçula, criando 120 novas vagas no ensino infantil.

Com as novas unidades, a Prefeitura prevê, inicialmente, a criação de 1.074 vagas no ensino infantil até 2016. "No último ano demos início a uma série de ações para reestruturar a educação municipal, conhecer as principais necessidades e traçar o projeto de melhorias. Isso inclui a demanda por vagas em creche, a carência tecnológica da rede municipal e as reivindicações dos profissionais da educação, como Plano de Carreira e Estatuto do Magistério", explicou a secretária de Educação, Inclusão e Tecnologia da rede, Leonice Moura.

Por meio de convênio com o Governo Estadual, pelo programa Creche Escola, estão previstas as construções de cinco novas unidades. Um dos bairros contemplados será Ouro Fino, na região do Jardim Sol Nascente. As obras no local já começaram. Outras três escolas irão beneficiar centenas de crianças da cidade. Pelo programa do Governo Federal Pró Infância, serão construídas unidades no Parque Aliança e Rancho Alegre (em Ouro Fino). A creche do Jardim Caçula, também pelo Pró Infância, está com as obras avançadas. O próximo passo é mobiliar e equipar a unidade, que deve ser entregue em março à população.

"A Prefeitura está buscando recursos junto ao Estado e União para viabilizar as melhorias necessárias. Também investiremos recurso do Tesouro para ampliar as vagas de creche na rede. A Secretaria de Educação da cidade traçou as prioridades para o setor e dará neste ano continuidade aos projetos de modernização da rede municipal. Além de ser nosso compromisso, garantir educação de qualidade às nossas crianças é fundamental para a formação de cidadãos", afirmou o prefeito da Estância, Saulo Benevides.

A Secretaria de Educação, Inclusão e Tecnologia está elaborando projeto para a construção de creche no Jardim Nossa Senhora de Fátima, com recursos próprios. Também está prevista para este ano a criação de 200 vagas no ensino infantil com a locação de prédio na Vila Aurora ? Centro Alto da cidade. No local, será instalada creche para crianças de 0 a 3 anos e 11 meses.

"Também vamos reformar e ampliar unidades da rede, como é o caso da escola municipal Irmã Maria Bernadete Bandeira de Seixas, na Quarta Divisão. Essa escola receberá investimentos municipais, mas temos recursos provenientes de emendas parlamentares que contribuirão com melhorias em outras unidades", afirmou Leonice.

Por meio de emenda da deputada federal Keiko Ota, o município receberá verba para ampliação e reforma da escola Manoel Baptista da Silva, no bairro Estância das Rosas. Através de emenda da deputada estadual Regina Gonçalves, serão repassados à cidade cerca de R$ 300 mil para reforma das escolas municipais Prof. Sebastião Vayego de Carvalho e Yoshihiko Narita.

Ribeirão Pires terá Centro de Formação de Profissionais da Educação

Além da ampliação de vagas nas escolas municipais, a Secretaria de Educação, Inclusão e Tecnologia trabalha em projeto de implantação de Centro de Formação de Profissionais da Educação, na região central da cidade. "Hoje, os profissionais de educação do município não têm onde realizar atividades como essa. Estimulamos esses profissionais a aperfeiçoarem suas técnicas e conhecimentos, melhorando, por conseqüência, a qualidade do ensino. Esse espaço será compartilhado com a rede Estadual, já que os alunos atendidos pelo Estado também são moradores da cidade e nosso compromisso é com a formação das crianças e jovens, independente da rede", explicou o prefeito Saulo Benevides.

A rede municipal de educação também terá projetos inovadores a partir desse ano. É o caso da instalação de planetário na Escola Municipal Carlos Rohm. Com investimento municipal de R$ 268 mil, o equipamento será montado em sala com capacidade para até 45 visitantes por sessão. O planetário receberá alunos desde o ensino infantil até o ensino médio. "Esse será um instrumento para complementar projetos pedagógicos desenvolvidos por escolas da cidade, tanto da rede municipal e estadual, quanto particular", detalhou a secretária de Educação, Inclusão e Tecnologia, Leonice Moura.

A modernização do sistema de acompanhamento pedagógico dos estudantes da rede municipal também faz parte do planejamento deste ano. A Prefeitura prevê, com a implantação de sistema de ensino, equiparação do material utilizado por alunos e professores em toda a rede, do infantil até o 9ª ano. "A ideia é que os professores tenham a mesma formação e realizem o mesmo acompanhamento dos alunos, utilizando material com alta qualidade para todas as etapas de aprendizado", afirmou Leonice. (22-01-2014)