Educação no Trânsito ganha reestruturação para atender alunos


Criado em 13/02/2017

O programa percorre escolas com cursos, fantoches, brincadeiras e outras dinâmicas que trabalham boas práticas para motoristas e pedestres

Elogiado regionalmente no Consórcio Intermunicipal Grande ABC, o programa Educação no Trânsito trabalha com alunos de escolas municipais, estaduais e até mesmo particulares, levando conhecimento sobre boas práticas enquanto pedestres e condutores. A Secretaria de Transportes e Trânsito já está reestruturando a equipe para a volta às aulas.

O objetivo do projeto é transformar os alunos em multiplicadores do conhecimento. “As crianças ampliam o alcance sobre boas práticas no trânsito, pois eles levam o conteúdo aprendido nas aulas para os pais, tios e avós buscarem mais segurança ao volante”, explicou o secretário José Adão Alves.

A equipe de Educação para o Trânsito deve iniciar nos próximos dias o cronograma de atividades que beneficiarão alunos já no primeiro semestre de 2017. “Estamos reestruturando o setor de agentes educacionais de trânsito, oferecendo maior estrutura de trabalho, como uma sala melhor para alocar os materiais e organizar as ações. Dessa forma, daremos continuidade ao trabalho com os alunos”, completou.

Sobre a Educação para o Trânsito

No trânsito, assim como em outros diferentes fenômenos do cotidiano, nota-se a urgência e a necessidade de buscar educar para a valorização da vida, para respeito ao próximo, e para uma convivência tranquila.

Como fator de mudança, renovação e progresso, buscando levar ao crescimento de cada membro envolvido e, assim, do município como um todo, o programa municipal de Educação para o Trânsito é o recurso utilizado para dar fundamento a toda ação educativa que envolve o processo de ensinar e aprender sobre práticas seguranças no trânsito.

Com o intuito de criar ambiente que estimule o desenvolvimento de tarefas que ajudem os membros da equipe de Educação para o Trânsito, a Secretaria de Transportes e Trânsito realiza trabalho de educação permanente dentro dos propósitos básicos de liberdade e respeito ao outro, além de buscar ações lúdicas e pedagógicas que estimulem cada faixa etária abrangida pelo projeto.