Central de Ambulância de Ribeirão Pires retorna à Estrada da Colônia


Criado em 10/02/2017

Sede que abriga os serviços de transporte de pacientes recebeu melhorias. Mudança irá agilizar atendimentos da rede municipal.

Nesta quinta-feira, dia 9, a Central de Ambulância de Ribeirão Pires retornou à sede localizada ao lado da Secretaria de Saúde e Higiene e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santa Luzia, na Estrada da Colônia, 2.959 – Bairro Santa Luzia. Para receber os veículos da frota e as equipes municipais de atendimento, o espaço recebeu reformas estruturais e pintura, inclusive com a reconstrução da cobertura da garagem das ambulâncias.

O retorno da Central de Ambulâncias para a Estrada da Colônia tem como principal objetivo agilizar os atendimentos aos pacientes da rede municipal, considerando, especialmente, os transportes inter-hospitalares entre a UPA e outras unidades de referência para o município. Até então, a Central estava situada na Avenida Santo André, no Centro Alto.

“Com a medida, esperamos atender com maior prontidão os chamados feitos à Central de Ambulância”, explicou o coordenador do departamento, Rafael Monte de Araújo. Com a atividade sendo feita a partir da região central da cidade, será garantida maior agilidade aos serviços em bairros como Ouro Fino e Quarta Divisão e em áreas da cidade que demandam o maior fluxo de transportes e atendimentos de emergência.

Serviço de ambulância no município:

A Central de Ambulância da Secretaria de Saúde e Higiene da cidade disponibiliza, além do atendimento de emergência, serviço de transporte para pacientes com dificuldade de locomoção para consultas, transporte entre hospitais e clínicas médicas, e até mesmo tratamentos médicos. Com o guia da consulta ou documento que ateste a necessidade do transporte até o destino desejado, o paciente ou um familiar podem fazer o agendamento na Central de Ambulância.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência na cidade é regulado pelo SAMU de Mauá. O atendimento é feito em casos de urgência e emergência através do número 192.

Por mês, a Central de Ambulância da cidade realiza, em média, 500 atendimentos, entre emergência e transporte de pacientes.

Recomendações para a utilização do serviço 192 – SAMU:


Os moradores podem adotar alguns procedimentos para facilitar o trabalho das equipes do SAMU ao atender chamadas. Entre eles:


- Falar exatamente o que está acontecendo, de maneira clara e simples;

- Passar o endereço correto, dando pontos de referências;

- Informar quem é a vítima, a idade e o sexo;

- Em caso de acidente no trânsito, relatar o número de vítimas;

- Seguir as recomendações do médico que atende ao telefone;

- Sinalizar o lugar do acidente para facilitar a identificação do local.