Defesa Civil participará do projeto Cartas Geotécnicas de Aptidão à Urbanização de Ribeirão Pires


Criado em 18/05/2016

O projeto é um trabalho do Consórcio, em parceria com a UFABC, realizado em toda a região do ABC

A Defesa Civil de Ribeirão Pires irá participar das oficinas oferecidas através do projeto Cartas Geotécnicas de Aptidão à Urbanização de Ribeirão Pires. O projeto é fruto de um convênio feito entre o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC e a Universidade Federal do ABC que elaborou um Plano Diretor Regional, do qual fazem parte três subprojetos, entre eles, as Cartas Geotécnicas de Aptidão à Urbanização dos municípios de Ribeirão Pires e Santo André.

Dando continuidade a este trabalho, já iniciado na região do ABC pelas cidades de São Bernardo do Campo e Rio Grande da Serra entre 2014 e 2015, para que todos os municípios tenham esse instrumento a ser utilizado no âmbito do Plano Diretor Regional, foi proposta a elaboração das Cartas para as cidades de Ribeirão Pires e Santo André, que está em desenvolvimento com recursos do Consórcio. O projeto tem previsão para ser concluído até agosto de 2016.

De acordo com a Lei Federal 12.608/12, a Carta Geotécnica de Aptidão à Urbanização é um dos instrumentos de planejamento e de gestão municipal, voltado para a prevenção de desastres. Esse instrumento tem como objetivo fornecer subsídios para que áreas urbanas pouco consolidadas e os novos projetos de parcelamento do solo incorporem diretrizes voltadas para a prevenção dos desastres naturais, especialmente aqueles associados a deslizamentos de encostas, enxurradas, corridas de massas, inundações e outros processos geológicos correlatos.

O planejamento está sendo elaborado pela equipe de professores da UFABC dos cursos de Engenharia Ambiental e Urbana e Planejamento Territorial, com participação de alunos de graduação, além do vínculo com os Programas de Pós-Graduação em Planejamento de Gestão do Território e Ciência e Tecnologia Ambiental.

Ao final dos trabalhos, será realizada uma integração das Cartas Geotécnicas com o propósito de atender ao Plano Diretor Regional. Os resultados também fazem parte das ações do Plano Regional de Gestão de Riscos da Região do ABC realizado em 2015, o qual a Defesa Civil também participou.