Nota de esclarecimento – Aumento nas passagens apenas para vale transporte


Criado em 14/04/2016

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires esclarece que, segundo o decreto nº 6.611, de 11 de abril de 2016, será fixado novo valor para tarifa de transporte coletivo urbano de passageiros no município apenas para o Vale-Transporte, sem qualquer repasse para o usuário do sistema de condução coletiva. O serviço pago apenas por empresas passa a custar R$ 4,10. Para o pagamento de tarifa em dinheiro e para todos os demais usuários do sistema será concedido desconto de R$ 0,60, mantendo o valor cobrado atualmente de R$ 3,50. Portanto, reforçando, o pagamento com Cartão Bom Vale-Transporte passará a valer com nova tarifa seguindo escala do benefício já prevista, valor esse custeado exclusivamente por empresários que concedem vale-transporte a seus funcionários.

“A medida tem como objetivo repor os custos da operação do serviço sem onerar o usuário do transporte público. Por isso a mudança será apenas para as empresas que pagam vale-transporte para os funcionários” explica o prefeito Saulo Benevides.

Ou seja, o benefício de gratuidade, como para estudantes e idosos acima de 60 anos, fica mantido. Já para aqueles com direito a descontos, como professores e servidores públicos municipais que pagam meia passagem com o uso do Cartão Bom, será mantido o valor de R$ 3,50, com o desconto previsto.

O decreto foi publicado nesta quinta-feira, dia 14 de abril, devendo entrar em vigor em até cinco dias após essa data, seguindo os termos da Lei Municipal nº 3.517/1992. A concessionária de transporte público tem o prazo de 90 dias a partir da publicação do decreto para criar sistema de recarga do Cartão Bom, com a finalidade de garantir exclusividade do uso do serviço de transporte coletivo de passageiro por meio eletrônico.