Prefeitura realizará eleição do Conselho Municipal da Mulher


Criado em 07/03/2016

Secretaria de Política Comunitária e Institucional é a responsável por realizar a eleição


Em comemoração do Dia Internacional da Mulher, a Secretaria de Política Comunitária e Institucional (SPCI) convida todas as mulheres interessadas em participar da Eleição do Conselho Municipal da Mulher do dia 15 de março às 15 horas, a fim de eleger uma representante para agregar e auxiliar nas transformações culturais e institucionais. O Conselho foi criado este ano para representar a sociedade feminina e tem como objetivo formular e promover políticas em todos os segmentos da administração para garantir os direitos das mulheres.

Outro papel fundamental do CMM será fiscalizar o cumprimento das leis que asseguram os direitos das mulheres junto aos órgãos competentes. Além de tomar medidas preventivas e de conscientização contra a discriminação e violência às mulheres.

"Os conselhos municipais de políticas públicas são canais efetivos de participação popular. Permitem estabelecer uma sociedade na qual a cidadania deixa de ser apenas um direito e se torna uma realidade. Os represetantes da sociedade cível e do poder público participam das decisões de interesse popular e social, como está assegurado na Constituição Federal de 1988. Eles exercem o parágrafo único do Art° 1, que declara que Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição. Através deles se conquistam e se consolidam conquistas. Os conselhos são fundamentais para a democracia. A sociedade precisa se organizar. O povo precisa se dispor a participar dos conselhos," declara Raphael.

Ao assumir a secretaria em janeiro deste ano o secretário da pasta Raphael Lopes de Souza buscou se informar sobre os projetos em andamento e conhecer os parceiros da secretaria, como o Jeep Club. Além disso, o novo secretário também está em busca de restabelecer, entender e dar andamento a outros projetos, principalmente os relacionados à movimentos sociais. Outro passo será ajudar na orientação de programas e Associações de Amigos de Bairro do município, reativando o diálogo com os grupos sociais.

A equipe trabalhar em parceria com diferentes setores da Administração Municipal para atender as demandas dos movimentos comunitários e trabalha para implementar calendário de ações institucionais, como eleições de conselhos e conferências.

A Casa do Hip Hop e Juventude que atende em média 700 jovens por mês também receberá uma atenção especial, com maiores condições para desenvolver e fomentar os projetos já desenvolvidos