Escolas Municipais já iniciaram suas atividades contra o Aedes Aegypti na Estância


Criado em 03/03/2016

Projeto que antecede o aniversário de Ribeirão Pires iniciou em fevereiro e substituirá o Desfile Cívico

As escolas municipais de Ribeirão Pires já iniciaram suas atividades contra o Aedes Aegypti para conscientizar as crianças sobre como identificar os focos do mosquito, eliminar criadores, os sintomas das doenças transmitidas e se prevenir. O projeto é uma iniciativa da Secretaria de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia (SEIT) após pedido do Ministério da Educação.

Nesta terça-feira (1) a E. M. Lavínia Figueiredo Arnoni foi a primeira a receber a visita da Secretaria de Transporte e Trânsito (STT), Defesa Civil Municipal, Turminha da Guarda (GCM) e Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) que realizaram atividades lúdicas com as crianças. As crianças desfrutaram do teatro de fantoches, da peça teatral com a presença de um super herói, aprenderam a criar armadilhas para o mosquito Aedes Aegypti, além de se conscientizarem sobre o mosquito.

Cada atividade foi elaborada e desenvolvida com o objetivo de conscientizar as crianças e fazerem delas propagadores de informação no combate ao mosquito Aedes Aegypti, o transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus.

Para a secretária de educação, Dalva Sensato, essas ações representam uma oportunidade de mostrar a força da união. "Estou muito animada com a colaboração e empenho dos amigos secretários de outras pastas. E tenho certeza que este projeto é um verdadeiro presente de aniversário para a Estância", contou.

Treinamento

Na última sexta-feira (26) os diretores e coordenadores das escolas municipais passaram por treinamento com a Secretaria de Saúde e Higiene (SSH) no Teatro Euclides Menato. O objetivo foi capacitar o corpo docente para que eles estejam preparados para transmitir as crianças as informações e tirar dúvidas sobre o mosquito Aedes Aegypti com propriedade.

Além da palestra da saúde, os diretores e coordenadores também assistiram as apresentações lúdicas preparadas pela Secretaria de Transporte e Trânsito (STT), Defesa Civil e Guarda Civil Municipal (GCM). Participaram também do whorkshop da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) que ensinaram a preparar as armadilhas caseiras.