A partir de fevereiro, os servidores que até então recebiam R$ 935,54 passaram a ganhar R$ 1.186,99. Os motoristas cujo salário base era R$ 963,80 receberão R$ 1.222,87 enquanto aqueles que hoje ganham R$ 1.027,98 passam a receber R$ 1.317,08. Os condutores de maior tempo de serviço receberão aumento em percentual maior. Aqueles que hoje ganham R$ 1.505,65 terão o salário alterado para R$ 2.082,58 e os que recebem R$ 1.461,44 passam ganhar R$ 2021,49. A média de reajuste fica em28,49%.

Saulo explicou os motivos do benefício específico para esta categoria: “Quando vencemos a eleição uma das prioridades foi valorizar o funcionalismo. Um dos objetivos era rever o salário de motoristas, que estava muito defasado. Mesmo na crise, pedi para que fosse feito um estudo de melhoria salarial e hoje cumprimos nossa promessa”.

O Prefeito também disse que os demais setores do funcionalismo público receberão melhorias salariais gradativamente. “Esse benefício de agora não é para todos. Faremos por etapas, atenderemos previamente esses 100 funcionários, mas já estamos nos adequando para atender os demais”, disse o alcaide.

Para Edson Nascimento, motorista lotado no departamento de Infraestrutra e que há quatro anos trabalha na prefeitura, este é o primeiro benéfico que recebe. “É a primeira vez que recebo um reajuste salarial, é uma iniciativa muito honesta e gratificante do prefeito. Nos merecíamos”, destacou.

Servidor público desde 1984, o motorista de caminhão Antônio José Ramos destacou o empenho do prefeito em atender a categoria: “Já tivemos aumentos com outros prefeitos, mas nunca em quase 30%. Além do prefeito não atrasar o pagamento dos funcionários, leva em conta as melhorias que pedimos e atende prontamente na medida do orçamento”.

O benefício acarretará em uma despesa mensal de R$ 27,5 mil mensais. Segundo o prefeito, o recurso é proveniente de economias realizadas por meio de cortes em outros setores, por exemplo, redução de salário de comissionados e despesas de locação e aluguel.