Prefeitura promove mutirão contra a dengue em Ribeirão Pires


Criado em 19/01/2016

Agentes comunitários percorrerão bairros do município com ações de prevenção e combate ao mosquito transmissor

Do dia 18 à 29 de janeiro de 2016, a Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires por meio da Secretaria de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires com o apoio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) realizará o mutirão de combate ao Aedes Aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika. Profissionais do CCZ e agentes comunitários da saúde percorrerão vias dos bairros Vila Sueli, Jardim Luzo, Jardim Valentina, Jardim Caçula, Ouro Fino, IV Divisão e Jardim Guanabara orientando a população sobre a prevenção à essas doenças.

Os agentes entregarão folhetos explicativos e verificarão a presença de possíveis criadouros do mosquito, realizando a coleta de larvas quando presentes. “Esta é uma ação que visa conscientizar a população sobre a importância de evitar o acúmulo de água em qualquer recipiente e verificar as condições das caixas d’água, calhas e piscinas. A participação da população é de extrema importância uma vez que a maioria dos criadouros do Aedes Aegypti está dentro das residências”, afirma o secretário de Saúde e Higiene, Gerson Constantino.

Nesta época do ano, as altas temperaturas e elevados índices pluviométricos são condições ideais para a proliferação do Aedes Aegypti, que é um mosquito menor que o pernilongo comum, de corpo escuro e patas rajadas de branco. Picam preferencialmente ao amanhecer e ao entardecer, pois precisam de sangue para maturação de seus ovos. É neste momento que a fêmea infectada transmite o vírus ao ser humano.

Como ainda não existe vacina, a Prefeitura de Ribeirão Pires incentiva os moradores a uma ação mais simples e eficaz, a prevenção, evitando o acúmulo de água em vasos de plantas, pneus e objetos cumulativos onde pode haver a proliferação do mosquito da dengue. Lembrando que “São três doenças, apenas um mosquito e a solução é não deixar o mosquito nascer”.

O CCZ disponibiliza atendentes para rotina de prevenção e combate à Dengue e também para recebimento de denúncias, além do trabalho de instalação de telas provisórias nas caixas d'água, que reduzem a probabilidade de focos de dengue. Todos os serviços podem ser solicitados pelo telefone 4824-3748.