Obras do Programa Mananciais devem ter início em 2014


Criado em 01/11/2013

Sabesp investirá R$ 4,9 milhões na construção de redes coletoras de esgoto em 10 bairros da Estância

Com objetivo de recuperar e proteger fontes de água que abastecem o Estado de São Paulo, através de melhorias no sistema de saneamento, atividades de urbanização e reflorestamento, a Estância Turística de Ribeirão Pires será contemplada com mais redes coletoras através do Programa Mananciais. A iniciativa prevê a elaboração de projetos executivos de sistemas de esgotamentos para os bairros que já são atendidos com sistema de abastecimento de água.

Segundo o superintendente da Unidade de Negócio Sul da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), Roberval Tavares de Souza, a previsão é que as obras tenham início no ano que vem. “A execução do programa no município deve se estender até 2018”, completou. O investimento da Sabesp no Programa Mananciais é de, aproximadamente. R$ 4,9 milhões.

Dentre os bairros contemplados pelo programa no município estão: Jardim Caçula, Jardim Mirante, Jardim Santa Eliza (Vila Suely, Jardim Santa Inês e Vila São Manoel), Jardim Petrópolis, Jardim Santa Rosa, Jardim Nossa Senhora do Pilar, Jardim Iramaia, Jardim Boa Sorte, Jardim Alvorada e Estância Paulista. Ao todo serão implantados 1.168 metros de rede coletora de esgoto de 15 centímetros de diâmetro.

Atualmente o município possui 350 quilômetros de rede de esgoto e 22.733 ligações, com índice de coleta de, aproximadamente, 75% e de tratamento em torno de 70%. Até 2020, a cidade planeja alcançar índice de 90% de coleta de esgoto em Ribeirão Pires, com 100% de cobertura e tratamento, por meio do Programa Mananciais e do Projeto Tietê, da Sabesp. (01/11/2013)