Mister Mão interage com pedestres e motoristas


Criado em 21/09/2015

Ações desenvolvidas abrem Semana Nacional do Trânsito, como parte da Campanha Travessia Segura, com apoio da Secretaria de Transportes e Trânsito da Estância

A primeira ação de rua da nova etapa da Campanha Travessia Segura teve início simultâneo nas sete cidades do ABC nesta sexta-feira (18). Em Ribeirão Pires, a ação tem apoio da Prefeitura da Estância Turística, por meio da Secretaria de Transportes e Trânsito. Ícone da campanha, o herói Mister Mão interagiu com motoristas e pedestres em faixas não semaforizadas da região, enquanto eram distribuídos panfletos com orientações e esclareciam dúvidas.

A atividade acompanha o cronograma iniciado com divulgação na mídia impressa, TVs e rádios em veículos regionais e de São Paulo, e agora incluirá ações nos cruzamentos durante a Semana Nacional de Trânsito (18 a 25 de setembro), cujo tema é “Seja você a mudança no trânsito”.

De trajes vermelhos e mãos amarelas, o personagem chamou a atenção dos munícipes que atravessaram nas faixas. O ‘’supergesto’’, um dos destaques da campanha, foi reforçado com a presença do personagem. O gesto consiste na ação do pedestre em estender a mão para solicitar passagem na faixa sem semáforo.

As ações de rua durante a Semana Nacional do Trânsito continuam nos dias 20, 22 e 24 de setembro, sempre das 10h às 13h, no cruzamento da Rua Boa Vista  com a Rua Dr. Felício Laurito (pneu jipe clube).

Interação infantil

Além de conscientizar pedestres e motoristas sobre a importância do uso e respeito à travessia na faixa, a campanha pretende envolver o público infantil. Em outubro, está prevista a visita do personagem às escolas da região. A intenção é atingir o maior número de escolas possível, fazendo com que a educação no trânsito se torne parte do currículo escolar.

Em Ribeirão Pires, a Secretaria de Transportes e Trânsito já realiza campanhas de Educação no Trânsito com jovens e crianças desde 2013. Recentemente, cerca de oitenta alunos da Escola Municipal Professora Lavínia de Figueiredo Arnoni concluíram o Programa Educacional “Trânsito na Escola”.

“Com este curso não estamos querendo formar futuros condutores, nosso foco principal é formar cidadãos conscientes para um trânsito mais humanizado. Queremos que o aluno aprenda que o trânsito é um espaço democrático e possui lugar para todos, basta haver o respeito. Enfatizamos também a consciência ambiental no trânsito, junto com a importância da utilização dos meios de transportes alternativos e não poluentes”, explicou o secretário de Transportes e Trânsito, Rubens de Almeida Sousa.

Na Educação Infantil, o programa “Trânsito também é coisa de criança” trabalha o tema com crianças de dois a sete anos que recebem a primeira formação sobre trânsito ao brincarem com jogos lúdicos.

No mini circuito, por exemplo, os mais novos podem usar o velotrol (triciclo infantil), e os mais velhos usam bicicleta. Antes da brincadeira, os alunos aprendem sobre a importância dos meios de transporte alternativos e saudáveis e também como um instrumento de diversão.