Ribeirão Pires é premiada como uma das 100 melhores cidades do Brasil


Criado em 18/09/2015

Um levantamento feito pelo Austin Ratings, consultoria internacional de pesquisa e classificação de risco, juntamente com a Revista IstoÉ apontou que o município de Ribeirão Pires figura entre as 100 melhores cidades do Brasil. A pesquisa avaliou mais de 500 indicadores entre os 5.600 municípios brasileiros.

No ranking, a Estância Turística de Ribeirão Pires se destaca na 21ª posição na categoria "Indicadores Digitais – Acesso Digital ao Conhecimento". Entre as 100 mais, a cidade conquistou a posição 40.

Segundo os autores do estudo tal levantamento serve para "medir a competência dos prefeitos", além de "servir de exemplos e inspiração para as gestões públicas de todo país". Para o prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides, a conquista pode ser usada como termômetro de avaliação do governo. "A consultoria Austin é reconhecida por sua credibilidade internacional.

Esses dados mostram o quanto estamos trabalhando para dar ao cidadão de Ribeirão Pires toda a estrutura para trabalhar e viver bem. Nesse primeiro estudo alcançamos a posição 40 e agora vamos trabalhar para que no ano que vem a gente fique entre os 10 melhores municípios do Brasil", destacou o prefeito.

Metodologia da pesquisa – Nos últimos seis meses a consultoria Austin Ratings coletou e cruzou dados de todos os municípios com o objetivo de identificar ações que transformam o discurso das campanhas em práticas de sucesso. Foram escolhidos quatro pilares fundamentais (indicadores sociais, fiscais, econômicos e digitais) para espelhar o trabalho realizado em cada cidade, revelando o bom desempenho de políticas públicas. "Esse estudo é inédito tanto pela amplitude das cidades pesquisadas quanto pela variedade dos indicadores que são analisados", disse Alex Agostini, o responsável pela coleta e análise dos dados na Austin Ratings.

O estudo será publicado em um anuário da Revista IstoÉ, coautora do estudo, que estará disponível nas bancas nos próximos dias. Caco Azulgaray, presidente-executivo da Editora Três, responsável pela publicação da Revista IstoÉ, disse que a iniciativa é inspirar as cidades e promover a divulgação dos casos de sucesso. "Queremos ajudar o Brasil a conhecer as experiências que estão dando certo, para que possam ser replicadas em todo o país", disse.