Centro de Apoio Mão Amiga comemora bons resultados


Criado em 02/09/2015

No último sábado, dia 29 de agosto, equipe da Assistência e Desenvolvimento Social e da unidade localizada em Ouro Fino se reuniu para falar sobre bons resultados

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS), assinou em junho o convênio com o projeto Centro de Apoio Mão Amiga. O convênio está superando as expectativas, com mais de 370 jovens participantes de atividades e diversas famílias participando de ações de fortalecimento de vínculos.

No sábado, dia 29 de agosto, equipe da SADS esteve no local para comemorar os bons resultados e traçar novas metas. Presente neste dia, a coordenadora do Centro de Apoio Mão Amiga, Maria Helena Fernandes, falou sobre o projeto. “As famílias estão abraçando a proposta e as crianças nem querem ir embora quando chega a hora de ir para escola. Nosso trabalho de fortalecimento está fazendo com que a comunidade passe a se conhecer, inclusive vizinhos que não se conheciam e passaram a ter maior contato”, afirmou.

A diretora da Associação Brasileira de Ação Social Cristã (ABASC), Veranilda de Oliveira Guimarães, declarou a alegria de fazer parte desse novo progresso no bairro Ouro Fino Paulista e comemorou os novos cadastramentos que o Centro de Referência a Assistência Social (CRAS) está realizando. “O cidadão precisa ser conhecido pelo município socialmente. Isso é cidadania”, afirmou.

A secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Sonia Garcia, acompanha o trabalho desenvolvido de perto. "Muitas famílias que chegam até o local não conseguem acreditar que estão tendo acesso a um projeto 100% gratuito e de grande valia. O referenciamento ajuda a sociabilizar e construir o caráter desses jovens", afirmou.

O projeto conta com o apoio da Prefeitura de Ribeirão Pires e com doações para oferecer gratuitamente todos os cursos, oficinas e material didático para as famílias matriculadas. Recentemente, a Mão Amiga realizou uma parceria com o MOVA (Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos) que oferecerá estudo para os jovens e adultos que não tiveram a oportunidade concluir um curso básico escolar.

Para se matricular, é necessário comparecer no Centro de Apoio Mão Amiga – Rua Boomerang, 327, Ouro Fino (Jardim Aimoré) – a apresentar RG, CPF e comprovante de residência.

O projeto Mão Amiga

A ONG (Organização Não Governamental) Mão Amiga é originária de São Bernardo do Campo e está há nove anos na ativa, gerida pela ABASC (. São realizados trabalhos de inclusão com crianças e adolescentes, por meio de artesanato, teatro, leitura de livros, projetos relacionados ao meio ambiente, que tem como objetivo potencializar atendimento de crianças e adolescentes, fortalecimento de vínculos familiares e serviços sociais no bairro Ouro Fino.

Para o prefeito Saulo Benevides, o convênio é de grande valia ao município. “Queremos potencializar o atendimento de crianças e adolescentes, preparando-os para uma vida independente na sociedade. Estamos trabalhando para fortalecer nosso futuro e isso começa com os jovens através de atividades assistenciais e educativas”, afirmou.

O encontro de junho que marcou a assinatura do termo de convênio contou com a presença do prefeito Saulo Benevides, da secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Sonia Garcia, da mentora do projeto, a pastora Veranilda Guimarães, acompanhada de duas assistentes sociais atuantes no Centro, Maria Helena Fernandes e Priscila Nunes, além de dois pastores norte americanos vindos especialmente a Ribeirão Pires para conhecer a estrutura socioassistencial do município, Tracy D. Caldwell, da New Piney Grove Baptist Church, e Willy J. Caldwell Junior, da Abiezer Baptist Church.