Ribeirão Pires encerra plenárias do Plano Plurianual Regional Participativo do Grande ABC


Criado em 02/10/2013

A sétima e última Plenária do Plano Plurianual Regional Participativo do Grande ABC foi realizada, nesta terça-feira (1º), no Teatro Euclides Menato, em Ribeirão Pires. Ao todo, 1.474 moradores se cadastraram para participar dos debates realizados desde o dia 10 de setembro em São Bernardo do Campo, Santo André, São Caetano do Sul, Mauá, Rio Grande da Serra e Diadema.

O prefeito da Estância Turística de Ribeirão Pires, Saulo Benevides, aproveitou a ocasião para agradecer e parabenizar o prefeito de São Bernardo do Campo e presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, Luiz Marinho, por auxiliar os municípios de maneira democrática, debatendo as prioridades de maneira pertinente e regional. “As cidades possuem vínculos muito fortes, quase não conseguimos identificar divisas. O ABCDMRR é compacto”.

O PPA Regional vai definir as diretrizes, os objetivos e as metas comuns entre as sete prefeituras. A proposta é elaborar um documento que oriente os investimentos do Consórcio, e que dialogue com os PPAs Estadual e Federal, possibilitando a obtenção de recursos para os programas regionais prioritários. Reforçando o discurso do prefeito da Estância, Marinho explicou que, juntamente com os demais chefes dos Executivos do ABC, “buscará uma formatação regional de políticas públicas e projetos que solucionem questões comuns a todos”.

Durante a plenária, 130 munícipes das sete cidades discutiram quatro grandes desafios da região, subdivididos em temas para a elaboração das diretrizes prioritárias dentro de cada tema: Melhorar a Infraestrutura Regional (mobilidade urbana regional e drenagem urbana); Promover o Desenvolvimento Urbano e a Qualidade da Gestão Ambiental (resíduos sólidos, riscos urbanos e ambientais, habitação e segurança urbana); Fomentar o Desenvolvimento Econômico Regional (diversificação, inovação tecnológica e turismo) e Assegurar a Inclusão Social e Promover os Direitos Humanos (saúde, educação, cultura, esporte, lazer, políticas sociais e afirmativas).

Entre as diretrizes priorizadas que serão apresentadas aos prefeitos durante assembleia, no Consórcio Intermunicipal Grande ABC, estão: ampliar a oferta de cursos da Universidade Federal do Grande ABC (UFABC); criação do GT de Cultura com profissionais da área (historiadores, filósofos, sociólogos, artistas e arte-educadores); implantação da política regional de coleta seletiva porta a porta em todo o ABC com a contratação de cooperativas e associações de catadores contemplando todos os bairros; remuneração pelos serviços ambientais urbanos prestados pelos catadores da região pelo poder público; organizar e qualificar os complexos reguladores; reestruturar a atenção hospitalar em âmbito regional em parceria com o Estado; ampliação regional da base do SAMU, criação do hospital para atendimento de Oncologia, urgência e emergência no município e criação de hospital estadual no município; integração das tarifas e priorização da acessibilidade no transporte público regional durante 24 horas com segurança; e implantação de terminais integrados com corredores de ônibus.

Os moradores da região também podem participar, até o dia 10 de outubro, da consulta pública do PPA Regional, disponível no site do Consórcio (www.consorcioabc.sp.gov.br). Basta escolher um dos quatro desafios e temas e registrar as sugestões. O link para ter acesso à consulta pública é o http://www.consorcioabc.sp.gov.br/noticias/2013/08/ppa-regional-participativo-2013-2014-a-2017. A apresentação do plano a Assembleia deve ser feita em 10 de dezembro deste ano e a apresentação pública do documento, em 19 de dezembro. (02/10/2013)